Casal investe na ampliação de tratamento de água em Palmeiras dos índios

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) está investindo na otimização do abastecimento de água dos 77 municípios operados por ela. Uma das localidades beneficiadas é Palmeira dos Índios, terceira maior cidade do estado, que recebeu a nova estação de tratamento de água (ETA) em dezembro de 2019. A unidade é responsável pela água que vem da barragem Carangueja, localizada no município de Quebrangulo.

Investimentos e avanços alcançados

A estação agora conta com uma estrutura de equipamentos modernos, que possibilita ampliar a oferta e melhorar a qualidade da água que chega à população palmeirense – a qual possui mais de 70 mil habitantes. A nova ETA de Palmeira dos Índios, que antes tinha capacidade de tratamento de 220m³/h de água, passou a tratar 540m³/h após a reforma. Atualmente, o tratamento é feito de forma convencional, com ciclo completo possuindo coagulação, floculação, decantação, filtração e desinfecção.

A nova ETA também trouxe benefícios ao mudar a tecnologia de desinfecção, reduzindo riscos de potenciais acidentes de grandes dimensões, como os causados por vazamentos de gás cloro. Isso acontece porque antes o processo de desinfecção era realizado por cilindros de 900 quilos de cloro liquefeito, e, agora, é realizado pela injeção de hipoclorito de sódio gerado no próprio local a partir do sal de cozinha.

Para controle de qualidade, foi feito investimento no seguinte:

  • Equipamentos analíticos de leitura em tempo real dos parâmetros turbidez, cloro e pH;
  • Medidor de vazão ultrassônico, com sensor, transmissor e processador de vazão;
  • Filtros com leito filtrante de dupla camada (areia + antracito), adequados para as taxas de trabalho necessárias;
  • Estação de tratamento de lodo (ETL).

Os filtros passaram de simples para duplos; o lodo é reaproveitado; e a água é reutilizada, atendendo integralmente à legislação ambiental. Essas ações reduzem os impactos ambientais e ajudam na manutenção das unidades de tratamento.

Assim, a modernização da nova ETA de Palmeira dos Índios proporcionou maior controle sob os processos envolvidos no tratamento de água, garantindo a manutenção da qualidade e da segurança bem como o aumento da oferta de água tratada para Palmeira dos Índios e adjacências.

A Aesbe celebra a Casal, que, com trabalhos como este, mostra preocupação não só com os impactos ambientais de suas ações, mas também com a ampliação do acesso ao tratamento de água da população nos municípios em que opera.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?