Governo de Goiás lança Programa de Compliance Público

Saneago será o primeiro órgão do Estado a implantar o programa, por já estar desenvolvendo políticas de governança, gestão de risco e controle interno devido à Lei das Estatais  

Por Assessoria de Comunicação da Saneago

18/02/2019

Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, assina o decreto que institui o Programa de Compliance Público

O Governo de Goiás lançou nessa segunda-feira (18) o Programa de Compliance Público que deverá ser implantado em todos os órgãos do Poder Executivo. Coordenado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), o programa consiste em um conjunto de ações destinado a assegurar que os atos de gestão estejam em conformidade com os padrões éticos e legais, a fomentar a transparência e a combater a corrupção nos órgãos da administração direta e indireta do Estado. A Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), por já estar desenvolvendo políticas de governança, gestão de risco e controle interno dentro da companhia para atender à Lei 13.303/2016, será o primeiro órgão a implantar o programa de compliance do governo.

O presidente Ricardo Soavinski explicou que a companhia já possui um trabalho voltado para a área de conformidades e que, atualmente, está reavaliando toda essa gestão de riscos. “No caso da Saneago, que tem o papel fundamental de levar água tratada para a população e oferecer o serviço de esgotamento sanitário em todo o estado, além de evitar os riscos de processos, é preciso se preparar também para minimizar riscos estratégicos, como redução de vazão em mananciais, atrasos de obras, entre outros”, afirmou.

Soavinski ressaltou que a companhia possui planos de ação para cada risco estratégico e de processos, que estão sendo reavaliados para, depois, serem encaminhados para o Conselho de Administração da Saneago e CGE acompanharem a sua implementação e, desta forma, minimizarem esses riscos previstos.

Decreto – O decreto que institui o Programa de Compliance Público foi assinado na manhã de hoje (18), pelo governador Ronaldo Caiado. Segundo o controlador-geral do Estado, Henrique Ziller, o programa terá como eixos temáticos a transparência, a ética, a responsabilização e a gestão de riscos. Esta análise e gestão de risco, em cada unidade, envolverá no mínimo as áreas de licitação, folha de pagamento e fiscalização de execução contratual. “Compliance é fazer o diagnóstico antes de ter a gravidade da doença. É um processo preventivo, para evitar o desperdício público”, afirmou o governador Ronaldo Caiado.

Goiás será o primeiro estado no País a implantar o compliance em todos os órgãos da administração pública, com foco na antecipação das crises e no combate aos processos de corrupção. “A sociedade goiana exige nesse momento competência de gestão e transparência nos gastos públicos”, destacou o governador.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account