Universidades norte americanas testam amostras residuais no combate ao COVID-19

Portal Saneamento Básico
14/04/2021

Por Vinicius Almeida   

Para proteger as comunidades de potenciais surtos de COVID-19, o tempo de resposta é crítico.

Com a detecção precoce em locais de alta concentração populacional, é possível tomar medidas de contenção mais rapidamente e controlar os impactos dentro de uma comunidade.

Do ponto de vista industrial, a detecção precoce também é fundamental, permitindo o monitoramento oportuno e evitando o fechamento de fábricas devido a surtos e períodos de quarentena.

A rápida disseminação do COVID-19 é difícil de controlar pois pode levar até 2 semanas para que os sintomas apareçam após a contaminação do vírus. O que torna isso ainda mais desafiador é o fato de que muitos casos permanecem assintomáticos. Como os testes individuais não são uma opção acessível, as comunidades, incluindo as universidades, estão procurando uma abordagem mais proativa para identificar tendências de contaminação de forma mais rápida.

Diversas universidades como a Universidade do Arizona, Universidade da Virgínia, Universidade de Utah e Universidade do Colorado foram as primeiras a usar os resultados de detecção de COVID-19 em águas residuais e a tomar medidas para minimizar a disseminação nas residências universitárias e no campus.

O Estudo – Monitoramento de água residual

Através de coletas de amostras de águas residuais, foi possível monitorar proativamente a propagação do vírus, que foi detectado nas fezes dias antes do aparecimento dos sintomas.

A coleta de amostras se mostrou uma forma eficaz no controle da disseminação em pontos críticos de contaminação. Foram documentadas múltiplas histórias de sucesso nas quais a vigilância do esgoto nas residências universitárias, seguida por testes individuais, levou à detecção e contenção precoce.

Testes de águas residuais na Universidade da Virgínia para COVID-19. (Fonte: Dr. Amy Mathers)

Solução econômica e escalável

Implementar o monitoramento de águas residuais para detectar o vírus de forma proativa permite a detecção em dias, em vez de semanas. Essa abordagem é econômica e escalonável nos níveis municipal, residencial, industrial e comunitário, fornecendo uma estratégia mais flexível ao invés de depender apenas de testes individuais.

A base para o seu Programa de Monitoramento de Águas Residuais Covid-19

Amostras representativas são fundamentais para o programa eficaz de monitoramento de águas residuais na detecção do Covid-19. Os amostradores portáteis  compactos da Hach® permitem a programação da coleta periódica e automatizada de amostras compostas de águas residuais.

O amostrador permite a coleta de amostras proporcionais a vazão de entrada da estação de efluentes e as variações do ph para uma maior representatividade da amostragem.

Com capacidade de coletas de amostras compostas ou sequenciais, opções de configurações de frascos e mangueiras de coleta e refrigeração ajustável (recomendada a 4ºC para que não haja degradação da amostra e seja possível identificar a presença do vírus), é possível acompanhar periodicamente os dados de contaminação do efluente.

Sem contato direto com a amostra, a análise se torna mais segura para os operadores, se tornando uma alternativa no controle da propagação do vírus.

Sobre a Hexis Científica

A Hexis faz parte da Plataforma de Qualidade da Água da Danaher. Temos como missão proteger o meio ambiente e pessoas, fornecendo soluções inovadoras que garantam aos nossos clientes análises precisas e confiáveis para superarem desafios que impactam nossa qualidade de vida.
Estamos presentes em todo o ciclo da água – Acesse o site – www.hexis.com.br para saber mais sobre as principais soluções em instrumentos e consumíveis para laboratório, processo e meio ambiente.

Fonte:

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/cases-updates/wastewater-surveillance.html
https://www.who.int/news-room/commentaries/detail/status-of-environmental-surveillance-for-sars-cov-2-virus
https://www.washingtonpost.com/nation/2020/08/28/arizona-coronavirus-wastewater-testing

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?