Sanesul apresenta à ALEMS parceria público-privada com empresa MS Pantanal

Portal Saneamento Básico
21/04/2021

Contrato prevê universalização do saneamento básico em Mato Grosso do Sul.

Representantes das empresas Sanesul, MS Pantanal e Aegea compareceram à Assembleia Legislativa de Mato grosso do Sul (ALEMS) para apresentar e dar detalhes da Parceria Público-Privada (PPP) firmada para universalização do saneamento básico em Mato Grosso do Sul. A explanação feita aos deputados estaduais foi realizada durante a sessão ordinária desta terça-feira (20).

“Quero agradecer a Assembleia Legislativa, que, a todo momento que a procuramos para evoluir na legislação, nunca se furtou, sempre discutiu, encaminhou e votou”, destacou o presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior. Carneiro explicou que a parceria tem o objetivo de antecipar investimentos em obras e serviços de saneamento. “Pretendemos beneficiar R$ 1,7 milhão de pessoas em MS e a previsão é de R$ 3,8 milhões em investimentos”, disse.

Segundo o presidente da Sanesul, a MS Pantanal assumirá oficialmente a operação dos serviços no dia 5 de maio. “O contrato começa dia 5. Temos o prazer de contarmos com parceiros de renome. A Sanesul sai na frente e acompanha toda mudança da legislação com o marco do novo saneamento básico. Modelamos um serviço que será referência para todo o Brasil”, disse.

Universalização do Saneamento

Paulo Antunes, representante da Aegea (empresa privada de saneamento) destacou a importância da parceria. “Nós temos em mãos projeto de magnitude ímpar, exemplo para todo o Brasil e para o mundo. Segundo a Unicef [Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas], a cada 15 segundos uma criança morre por falta de saneamento”, enfatizou.

O representante da MS Pantanal, Celso Paschoal, também falou sobre o pioneirismo de MS com o projeto e elencou desafios. “É um projeto desafiador a universalização do saneamento em 10 anos, com o objetivo de sair de 46% para 98% de cobertura”, disse.

Os deputados aproveitaram a ocasião para falar sobre a parceria. “Esperamos que não exista a precarização dos serviços. Esperamos que o grupo incorpore tecnologia e padrão de serviços”, destacou Barbosinha (DEM). O parlamentar também cobrou que a empresa envie à ALEMS o cronograma de investimentos. “Parabenizo a iniciativa. Tenho minhas dúvidas sobre as PPP, mas não deixo de reconhecer a importância do saneamento para nossas vidas”, afirmou o deputado Cabo Almi (PT).

Fonte: A Crítica.

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?