Sanepar promove exposição sobre primeira estação de tratamento de água do Paraná

O Museu do Saneamento abre nesta terça-feira (19/9) uma exposição temporária sobre primeira estação de tratamento de água do Paraná, a ETA Tarumã. A atividade faz parte da “11.a Primavera dos Museus”, temporada cultural nacional coordenada anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Além da exposição, o Museu promoverá uma palestra e a gravação de vídeos com depoimentos de trabalhadores aposentados da área do saneamento.

Nesta edição, o tema da temporada é “Museus e suas memórias”. O coordenador do Museu, Junio Ferreira Lima, explica que a exposição aborda o período da operação da ETA Tarumã, de 1945 até sua transformação em espaço histórico em 2013. O Museu do Saneamento, mantido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), funciona nas antigas instalações da ETA.

“Estamos valorizando o espaço do Museu ao recordar como era o dia a dia na ETA, desativada em 2004, e como o espaço foi aproveitado para as novas funções. O prédio da ETA tem uma qualidade muito peculiar, juntando passado e futuro. De um lado, funciona o Museu do Saneamento, responsável pela guarda das memórias e do caminho da evolução do saneamento no Estado. Na outra ponta da antiga ETA, está o Centro de Tecnologias Sustentáveis da Sanepar, conhecido como CETS. Nele, trabalham os pesquisadores da Sanepar em busca das soluções mais avançadas em termos de tecnologia para a melhoria do saneamento”, diz o coordenador.

Espaço Tarumã – Inaugurada em 1945, a antiga ETA Tarumã foi a primeira estação de tratamento de água do Paraná e um dos mais importantes marcos na história do desenvolvimento do saneamento no Estado. A Estação, que era parte do projeto de ampliação e modernização do sistema de abastecimento de água de Curitiba, funcionou por cinco décadas e seu prédio foi reformado para abrigar o Museu do Saneamento e o CETS. Atualmente, o local, que também possui auditório, salas administrativas, laboratório de protótipos, estações piloto de água e esgoto e biblioteca, é conhecido como Espaço Tarumã. O prédio, com 5.764,92 m² de área construída, é patrimônio histórico da cidade de Curitiba como Unidade de Interesse de Preservação (UIP) desde 2011.

O Museu fica na Rua Engenheiro Antônio Batista Ribas, 151, no Tarumã, em Curitiba, e funciona de terça a sexta-feira das 9 às 11h e das 14 às 16h. Para agendar uma visita, escreva para visitas@sanepar.com.br

Programação – A abertura da exposição contará com a palestra sobre “Museus e suas Memórias”, com a diretora do Museu Histórico de Itajaí, Evelise Wiersinski, e com a museóloga da mesma instituição, Angela Peyerl, entre as 14 e 15 horas, na terça-feira (19).

Junio explica que, para a gravação dos vídeos, estão sendo convidados os aposentados da Sanepar. “Dentro do programa de pesquisa, a equipe do Museu criou o projeto Memória Viva, a fim de reconstruir e registrar a memória dos antigos trabalhadores do saneamento. São vivências e experiências que constituem parte do patrimônio cultural do Paraná, na medida em que revelam detalhes de como foi o trabalho para que o saneamento chegasse aos bons índices que temos hoje”, afirma. As gravações ocorrerão no dia 20, no Museu Oscar Niemeyer, em evento privado. As gravações ficarão disponíveis no Museu do Saneamento a partir de 2018, quando a Sanepar completa 55 anos de fundação.

Serviço:
19/9 – Abertura da exposição “ETA Tarumã” e palestra “Museus e suas memórias” – Local: Museu do Saneamento – Rua Engenheiro Antônio Batista Ribas, 151 – Curitiba (a partir das 13h30).

20/9 – Gravação “Memória Viva” – Rua Mal. Hermes, 999 – Curitiba (a partir das 13h30).

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?