Saneago e Sesi Campinas atuam juntos na coleta de óleo residual para biodiesel

O programa Olho no Óleo da Saneamento de Goiás S.A. (Saneago) esteve ontem (31) no Sesi Campinas, em Goiânia(GO), e coletou 111,59 quilos de óleo residual de fritura (de cozinha) que será destinado à produção de biodiesel, combustível que não emite gases do efeito estufa. O sucesso dessa ação de coleta é fruto de parceria da empresa com o Sesi Campinas que recebeu nos dias 18 e 19 de maio palestras sobre o programa socioambiental que reuniu, na ocasião, cerca de 1100 alunos do ensino fundamental e médio, de acordo com a Gerência de Educação Ambiental e Sustentabilidade da Companhia. A diretora da Escola Sesi Campinas, professora Elza Augusta Fleury Viana, acompanhou a ação.
Segundo o supervisor de Educação Básica e Continuada do Sesi Campinas, Hermínio Alves (camisa amarela na foto abaixo), o incentivo para os alunos contribuírem com o Olho no Óleo foi bom para todos. As orientações do uso correto das redes de esgoto para proteção ambiental foram inseridas na Semana da Indústria no Colégio e a coleta renderam aos estudantes pontuação extra nos Jogos Internos do Sesi Campinas (JIESC), que acontecem do dia 22 ao dia 28 de junho. “A adesão dos alunos, a participação da Saneago foi muito importante para que a empresa seja reconhecida, inclusive, como indústria que atua no saneamento”, ressaltou.
A aluna da 7ª série do ensino fundamental, Ana Luíza Carneiro da Silva (foto acima), 12 anos, contou que aprendeu nas palestras sobre a importância do esgotamento sanitário para a melhor qualidade da água e da vida. Ela contou ainda como a mãe prontamente apoiou a ideia quando contou que o óleo resultaria em desconto na fatura de água e esgoto. “Jogar o óleo no ralo da pia pode entupir muitos canos. Quando falei para minha mãe que é importante juntar o óleo e do desconto, ela logo disse que ia arrumar tudo para eu trazer para a escola e para a Saneago”, disse.
O tecnólogo em Saneamento Ambiental, Ronan Tadeu Mendonça (à esquerda na foto acima), da equipe Núcleo de Educação Ambiental (Nea) da Saneago, ministrou as palestras dos dias 18 e 19 de maio e considerou muito bom o envolvimento dos alunos ao participarem com perguntas e com a atenção às fotos e vídeos apresentados. A palestra focou o quanto é nocivo ao meio ambiente a poluição com o óleo de cozinha nos rios e córregos. “Por meio das crianças  conseguimos também fazer educação ambiental para os pais e responsáveis, mesmo porque as crianças hoje têm a liberdade de falar e defender o meio ambiente”, concluiu.
Programa – Criado em 2012, o programa Olho no Óleo está presente nas cidades de Goiânia, Anápolis, Morrinhos e Itumbiara com diversos pontos de coleta. Mais de 354 mil litros de óleo residual já foram coletados pela Saneago da criação até esse mês de maio de 2017. A Companhia recebe o óleo residual de fritura de grandes (indústria e comércio) e pequenos geradores (residências).
O cliente recebe crédito de R$ 0,50 por litro de óleo usado. O valor do crédito é descontado da fatura de água e esgoto. Atualmente, há 820 grandes geradores de resíduo cadastrados na empresa. Ao evitar o lançamento de óleo residual na tubulação da rede de esgoto, há redução de custo estimado de manutenção da tubulação em cerca de 25%, segundo a empresa. Para se cadastrar como grande gerador ou se informar sobre pontos de coletas para o pequeno gerador, basta ligar no 0800 645 0115. A ligação é gratuita.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Saneago

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?