Rivais, Guedes e Marinho fazem plano para destravar investimentos no Norte e Nordeste

Folha de São Paulo
26/09/2020

Desafetos acertam trégua para mudar natureza de fundos públicos de desenvolvimento

Rivais dentro do governo, Paulo Guedes (Economia) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) trabalharam juntos em uma medida provisória cuja minuta fica pronta na próxima semana.

O texto pretende alterar a natureza dos fundos públicos de desenvolvimento regionais para alavancar projetos privados no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O objetivo é destravar R$ 6 bilhões que estão parados em regiões fundamentais para a popularidade de Jair Bolsonaro.

A ideia da pasta do Desenvolvimento Regional é usar esse dinheiro para emprestar a empresas interessadas em elaborar projetos de infraestrutura, trabalho hoje feito apenas pelo BNDES.

Outro objetivo é dar utilidade ao fundos de Desenvolvimento da Amazônia (FNA), Nordeste (FDNE) e Centro-Oeste (FDCO), que ficaram menos atrativos do que os constitucionais, cujas taxas são subsidiadas.

Estudos do governo indicam que, com R$ 1 bilhão em estruturação de projetos, é possível alavancar R$ 80 bilhões em investimentos em obras, em áreas como saneamento básico e recursos hídricos.

Painel

Editado por Fábio Zanini (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Mariana Carneiro e Guilherme Seto.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?