Renovação do contrato da Corsan prevê investimento de R$ 550 milhões em Santa Maria (RS)

A Secretaria de Obras, Saneamento e Habitação assinou, na última quinta-feira (17), convênio com a prefeitura de Santa Maria que garante a renovação do contrato do município com a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) por 35 anos. Com investimento de cerca de R$ 550 milhões em saneamento básico, a concessão dos serviços será submetida à Câmara de Vereadores nos próximos dias. O documento foi assinado pelo titular da pasta, secretário Fabiano Pereira e pelo prefeito Jorge Pozzobom, durante a V Edição do Fórum Água é Vida da Rede Pampa.

Entre as novidades do novo contrato, está a criação de um fundo municipal compartilhado, com recursos depositados na conta da prefeitura. “O fundo pode ser utilizado para ações de drenagem, tratamento de resíduos sólidos, água e esgoto”, afirmou Fabiano Pereira. O contrato ainda prevê a indenização do município através de obras como a construção de uma avenida ligando os eixos Leste e Sul, num total de R$ 20 milhões. “O investimento em saneamento é refletido na qualidade de vida, na valorização imobiliária e, principalmente, na saúde para a população”, destacou Fabiano. O contrato está sendo analisado pelo departamento jurídico da Corsan e deverá ser assinado pelo governador José Ivo Sartori até o fim de agosto.

Durante o evento, também foi assinado convênio para o deslocamento da rede de água e esgoto da rua para o passeio público no entorno do Hospital Regional. A iniciativa possibilitará a pavimentação das ruas evitando a abertura do asfalto em caso de ruptura na tubulação. O investimento é de R$ 700 mil.

O titular da SOP ainda adiantou o lançamento do Plano Estadual de Saneamento, no dia 4 de setembro, que será um marco regulatório para a área. “Através do Plano Estadual de Saneamento buscaremos a meta estabelecida pelo Plano Nacional: universalizar a coleta e o tratamento de esgoto sanitário até 2035 no Estado”, adiantou.

Logo a seguir o diretor-presidente da Corsan, Flávio Ferreira Presser, realizou palestra a respeito da situação do abastecimento de água e do esgotamento sanitário no mundo, chamando a atenção para as condições de Santa Maria que possui 57,5% de cobertura de esgotos, um dos melhores índices no Estado, e destacou investimentos na ordem de R$ 119 milhões nos próximos anos na ampliação das redes coletoras e da Estação de Tratamento existente, na Vila Lorenzzi. Sobre o abastecimento de água, afirmou que o sistema de captação e produção opera com folga. “O que temos instalado na cidade permite atender o dobro da população atual de Santa Maria”, garantiu Presser. Também presente ao evento o diretor Financeiro e de Relações com os Investidores, Jorge Melo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Corsan

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?