Programa de saneamento vai gerar maior capacidade de investimento para Maceió

Cada minuto
06/03/2020

O plano de saneamento da Região Metropolitana foi apresentado, na manhã desta sexta-feira (06), pelo governador Renan Filho, o prefeito Rui Palmeira e os secretários da Fazenda, George Santoro, e da Infraestrutura, Maurício Quintella. Segundo o governador, o programa vai gerar a maior capacidade de investimento para a capital e para região Metropolitana, emprego em curto prazo e potencial avanço para o turismo. Segundo Rui Palmeira, a prefeitura tem feito investimentos importantes e relevantes em saneamento. “São várias ações que estão sendo feitas de forma conjunta com o Governo”, disse.

De acordo com o gestor, ao todo, a prefeitura tem cinco pacotes de obras que serão investidas em saneamento da parte alta da cidade e no Litoral Norte.

“É fundamental para o nosso turismo. Esperamos que em breve Maceió possa ter uma cobertura bem maior de saneamento. O secretário Maurício já estava falando de projetos que existem para a Barra de São Miguel, São Miguel dos Milagres, então tudo isso estimula e fomenta o turismo”, reforçou Palmeira.

O governador Renan Filho disse que com é necessário que se cuide do saneamento com qualidade e com os investimentos fundamentais. “O esgotamento sanitário será sem dúvida nosso maior investimento. Estamos priorizando o interesse público. No momento em que o Brasil está dividido, com muita gente reclamando, nós estamos buscando integrar esforços e aproximar as pessoas. Isso faz com que a prefeitura e o governo pisem no acelerador”.

Renan reforçou que o Estado está avançando para publicar o edital da concessão da Casal e que terá um investimento de R$ 2 bilhões e meio na região Metropolitana.

“Só dois bilhões serão investidos em Maceió em coleta de esgoto, na ação do final do esgoto. Tudo isso com um investimento amplo. Passando do serviço público para o privado”, afirmou Renan.

Questionado sobre o salgadinho, o governador disse que “vencer o salgadinho é fazer uma agenda, como o saneamento dos bairros do Farol, do Reginaldo”. “Aquele esgoto gerado no salgadinho é um esgoto gerado praticamente em uma banda da nossa capital, o outro esgoto corre para o litoral norte e o outro pra lagoa”, ressaltou.

“Quando o prefeito fala em fazer investimentos no litoral norte é como maneira de garantir a finalização do salgadinho, mas ninguém é capaz de resolver o problema dele sozinho. A agenda do salgadinho é de investimentos contínuos e robustos ao longo dos próximos anos para que a gente vença”, explicou.

Renan disse que a agenda de concessão e de investimentos será capaz de vencer o problema do salgadinho. “Quando a gente fizer as redes de coleta de esgoto, as estações para bombear de um bairro para a destinação final de tratamento”, finalizou.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account