Previdência é 10% da prova que o Brasil precisa correr, diz executivo

Folha de São Paulo
01/12/2019

Por Rodolfo Spielmann

Rodolfo Spielmann, presidente no Brasil do fundo de pensão do Canadá, faz bom balanço de 2019

Em seu balanço de fim de ano, Rodolfo Spielmann, presidente no Brasil do CPBIB, fundo de pensão do Canadá, destaca que a aprovação da reforma da Previdência foi importante em 2019, mas representa algo como 10% de uma longa prova que o Brasil precisa correr para se tornar mais competitivo.

Avante

 “Foi um bom começo, mas é hora de acelerar”, diz o executivo do fundo, que administra cerca de US$ 310 bilhões. “Não pode ficar nisso, é preciso dar seguimento e tratar de questões como a tributária, a administrativa e de setores que devem ser desregulamentados, como o do saneamento”, afirmou.

Pódio

Spielmann diz que o ambiente para fazer negócios no Brasil está melhor para o investidor e que o combate à corrupção tem dado mais tranquilidade para quem participa de leilões, concessões e faz negócios em setores regulados. Suas apostas de oportunidades em 2020 estão nas áreas de infraestrutura, energia e saneamento.

PROSA

“Estamos avançando, mas é preciso correr para sermos competitivos com o Sudeste Asiático em alocação de capital. A barra para competir com China e Índia é muito alta”

Rodolfo Spielmann, presidente do CPPIB para o Brasil

Com Paula Soprana, Filipe Oliveira e Mariana Grazini

Painel S.A.

Jornalista, Joana Cunha é formada em administração de empresas pela FGV-SP. Foi repórter de Mercado e correspondente da Folha em Nova York

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?