População precisa fazer uso consciente de água durante a quarentena

Correio Brasiliense
03/04/2020

Higienização deve ser reforçada em meio à pandemia do novo coronavírus, mas Igan orienta a evitar excessos e desperdícios

Devido à pandemia do novo coronavírus, a higienização das mãos, superfícies e objetos precisou ser reforçada. No entanto, o Instituto Mineiro de Águas (Igan) alerta para a necessidade de uma postura consciente da população diante da adoção das medidas de segurança contra o vírus. Desperdícios e excessos precisam ser evitados durante este período de caos.

O diretor de planejamento e regulação do Igan, Marcelo da Fonseca, explica que a população deve colocar em prática todas as dicas de redução de consumo que são indicadas ao longo dos anos, como tomar banhos curtos e fechar a torneira enquanto escova os dentes.

Marcelo também ressalta a importância de não usar água potável em atividades como limpeza de pisos e banhos de mangueira.

“Em situações extremas, de grande consumo, ou em regiões com baixa disponibilidade hídrica, o excesso de consumo pode levar à necessidade de racionamento, comprometendo as medidas de higiene recomendadas”, completa o diretor.

Continua depois da publicidade

A Companhia de Saneamento em Minas Gerais (Copasa) informou que houve um pequeno aumento no consumo de água em BH e nas cidades metropolitanas nas duas primeiras semanas de quarentena. O valor registrado, de 15 metros cúbicos, ainda está dentro da média para a região, segundo a companhia.

A Copasa informou que conta com a colaboração das pessoas a partir do uso consciente da água, principalmente neste momento de prevenção à COVID-19, em que todos precisam utilizá-la para seguir as medidas de segurança das autoridades de saúde.  

  • Dicas de redução de consumo de água
  • Feche a torneira enquanto escova os dentes, ensaboa vasilhas e lava as mãos
  • Banhos curtos
  • Feche o chuveiro sempre que possível
  • Não utilize a mangueira para limpeza de calçadas, veículos ou regar as plantas
  • Use a descarga com consciência e não deposite papel higiênico no vaso sanitário

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?