Obras de infraestrutura e mobilidade urbana avançam em Londrina/PR

Portal Saneamento Básico
23/06/2021 

Os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, e Gestão Pública, Fábio Cavazotti, inspecionaram, nesta terça-feira (22), importantes obras de mobilidade urbana em Londrina.

Em conjunto com os engenheiros e fiscais da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP), as autoridades verificaram os trabalhos de infraestrutura na Rua Gino Tamiozzo e a construção da trincheira entre as avenidas Rio Branco e Leste-Oeste.

Localizada no Conjunto Novo Amparo (região norte), a Rua Gino Tamiozzo está sendo pavimentada e recebendo nova infraestrutura, o que facilitará a ligação da região com o centro da cidade. Além disso, as melhorias incluem a criação de uma conexão, que será finalizada nos próximos dias, entre a via e a Avenida Angelina Ricci Vezozzo. Dessa forma, os moradores poderão fazer o trajeto até a BR-369 com conforto e segurança.

As obras de drenagem da Gino Tamiozzo já estão concluídas. Agora, as equipes trabalham para completar a implantação da nova pavimentação asfáltica, calçadas, gramado, ciclovia e obras de acessibilidade. Posteriormente, será instalada nova sinalização horizontal e vertical no local. Em toda a extensão da rua, já foram colocados 80% dos novos postes de luz, sendo que a iluminação em LED está sendo instalada pela Sercomtel Iluminação. A empresa responsável pelos trabalhos é a Obra Prima Engenharia, e o investimento total de R$ 1.891.067,61. A previsão é que as melhorias sejam entregues em meados de julho.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, explicou que a obra é uma demanda antiga dos moradores, e que sua conclusão beneficiará centenas de famílias. “É um bairro de trabalhadores, que há mais de trinta anos reivindicavam uma infraestrutura viária de melhor qualidade. Fizemos um grande esforço para viabilizar os investimentos, que foram feitos com recursos próprios da Prefeitura. Estamos felizes, pois em pouco menos de um mês vamos entregar uma obra que vai realizar o sonho desses londrinenses, trazendo dignidade e desenvolvimento para a região”, disse.

Na interseção entre as avenidas Rio Branco e Leste-Oeste, quase cem trabalhadores prosseguem com a execução da fundação e estrutura da nova trincheira que está sendo construída. Nessa etapa, está sendo feita a chamada cortina de contenção, formada por estacas e parede de concreto, além das vigas que sustentarão o teto do túnel. Do total de 630 estacas previstas, 170 já foram implantadas.

Sistema de Drenagem

A estrutura é a fase mais complexa da obra. As estacas da rampa de acesso para os motoristas que vêm da direção de Cambé deverão ser finalizadas até setembro. Já as estacas de fundação e contenção do túnel demandarão cerca de oito meses de trabalho, até a conclusão da primeira etapa.

Além disso, a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação prossegue com a ampla revitalização do sistema de drenagem da área. O serviço já foi finalizado na Avenida Rio Branco, no trecho entre a Rua Tietê e a BR-369, que recebeu nova pavimentação. No momento, as ações acontecem em outro ponto da Rio Branco, entre as ruas Tietê e Araguaia. Em seguida, o trabalho de drenagem será feito nas imediações da Leste-Oeste com a Rua Recife e outras  vias da mesma área. As melhorias também serão realizadas do outro lado da Leste-Oeste, nas proximidades da UPA Jardim do Sol.

O investimento total na trincheira é de aproximadamente R$ 25 milhões, sendo que as obras estão a cargo da TCE Engenharia. A entrega está prevista para janeiro de 2023. De acordo com Canhada, os trabalhos estão alinhados ao cronograma previsto. “Essa é a maior obra urbana dos últimos 30 anos, um marco para a história de Londrina. Já viemos aqui várias vezes e estamos felizes com o andamento dos trabalhos. Além disso, as alterações no trânsito foram planejadas e comunicadas à população de forma a causar o menor impacto possível. O objetivo é entregar a trincheira daqui a um ano e seis meses, dentro do prazo do contrato”, afirmou.

Fiscalização

Por meio das visitas às obras em andamento, os secretários, engenheiros e técnicos da Prefeitura visam conferir se os trabalhos estão sendo conduzidos no ritmo previsto, e segundo os critérios estabelecidos em contrato. “Essas inspeções têm sido muito proveitosas, contribuindo para diminuir a incidência de atrasos e aumentar a qualidade das obras entregues”, pontuou Canhada.

Fonte: Defesa.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?