Esgoto de Santana do Paraíso (MG) será tratado

Em Santana do Paraíso (MG), cerca de 26 mil moradores dos bairros da Bacia do Córrego Garrafa serão beneficiados com a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). A homologação da licitação foi aprovada em 22 de fevereiro passado, pelo Conselho de Administração da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Na segunda-feira (26/02), a Copasa realizou reunião com a empresa vencedora da licitação para alinhar estratégias e informações referentes às obras de ampliação do SES. A emissão da Ordem de Serviço Inicial está prevista para março de 2018, com a conclusão das obras programada para o final de 2019.

O Sistema de Esgotamento Sanitário da Bacia Córrego Garrafa receberá investimentos da ordem de R$ 16,02 milhões. A obra contempla a construção de uma estação de tratamento de esgoto (ETE); cerca de 27 km de interceptores (redes que possibilitam o transporte do esgoto coletado até a ETE); 02 elevatórias (unidades que bombeiam o esgoto coletado para um ponto mais elevado, como a própria ETE ou outro posto de destinação final); cerca de 5 km de redes coletoras e 300 ligações de esgoto.

Os bairros atendidos pela obra serão os seguintes: Industrial, Bethânia, Águas Claras, Bom Pastor, Jardim Vitória, Cidade Verde, Gran Royalle, Chácaras do Vale e Cidade Nova.

De acordo com o Superintendente Operacional do Vale do Aço e Vale do Rio Doce, Albino Campos, o município receberá uma série de benefícios com a ETE, entre eles a redução do índice de doenças de veiculação hídrica, a melhoria da saúde e qualidade de vida da população e o desenvolvimento socioeconômico da região. Após o tratamento do esgoto, o efluente tratado será lançado no rio Doce, dentro dos parâmetros preconizados pela Legislação Ambiental.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores