Com investimentos da Casal, Piaçabuçu (AL) volta a ser abastecida com regularidade

O abastecimento da cidade de Piaçabuçu (AL) voltou à normalidade, após a entrada em operação, na semana passada, de uma nova estação de captação de água bruta no Rio São Francisco, distante seis quilômetros da antiga. Depois de alguns dias de testes, a bomba já opera em plena capacidade, garantindo água para a zona urbana 24 horas por dia.

Nessa nova captação e numa adutora com seis quilômetros de extensão – que é interligada à Estação de Tratamento de Água (ETA) – a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), com apoio do Governo do Estado, investiu mais de R$ 1,5 milhão, com recursos próprios.

A medida foi necessária em virtude do aumento da salinização da água do rio no ponto onde fica a antiga captação, em decorrência da redução da vazão nas represas hidroelétricas e do aumento da intrusão salina. Com isso, a Companhia fazia duas paradas diárias, com duração de quatro horas cada, durante os picos de salinidade da água.

“Agora, como a nova captação é seis quilômetros distante da antiga no sentido rio acima, ou seja, com menos influência da água do mar, o sistema funciona sem interrupções e capta sempre água doce. Essa primeira semana de funcionamento foi muito positiva e a água voltou com pressão e regularidade às casas das pessoas”, salientou o presidente da Casal, Clécio Falcão.

Ele ressaltou que a bomba da nova captação, situada nas proximidades do povoado Penedinho, em Piaçabuçu, tem potência de 50cv e uma vazão média de 250 metros cúbicos de água por hora.

Já a nova adutora, que leva o líquido desse ponto de captação até a ETA, tem diâmetro de 200 milímetros. Na zona urbana de Piaçabuçu, a Casal atende a mais de 2.800 ligações ativas de água, o que representa aproximadamente 11 mil pessoas beneficiadas.

Com o retorno do bombeamento em maior potência e regularidade, é provável que, em alguns pontos, surjam vazamentos causados por rompimentos da rede. Nesses casos, a Casal pede que os moradores informem ao escritório local da Companhia para que entrem na programação de conserto. O número de telefone é o 99162-8729 – que também recebe mensagens pelo aplicativo WhatsApp.

Eventualmente e por curtos períodos, também poderá ser necessário fazer algumas paradas da captação para retirada de vegetação que aparece no entorno do flutuante. A necessidade desse procedimento, porém, ainda será avaliada pelos técnicos da Casal.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores