Cinco empresas concorrem à obra complementar de esgoto em Criciúma (SC)

O esgoto será tratado na ETE Santa Luzia, beneficiando mais de 10 mil moradores do Bairro São Luiz, em Criciúma (SC).

Orçada inicialmente em R$ 19.883.509,14, as obras para a implantação de mais 40 quilômetros de rede de coleta de esgoto em Criciúma tiveram na manhã da última terça-feira, dia 26, um novo avanço.

Cinco empresas entregaram os envelopes contendo os documentos de habilitação e proposta de preço para realizar a obra que conta com financiamento da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e vai beneficiar 10,2 mil moradores do bairro São Luiz, em Criciúma.

As empresas que apresentaram proposta são: Confer, Stemag, Infracon, Itajuí e Cosatel. Agora, a Comissão de Licitação em conjunto com o corpo técnico da CASAN avaliará tecnicamente as propostas para, na sequência, abrir os envelopes de preços. Será vencedora a empresa que apresentar o menor valor, desde que atendidos os requisitos técnicos.

A obra para o bairro São Luiz vai ampliar a cobertura de esgotamento sanitário de Criciúma para 48%. Nos próximos dias começa a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) localizada na Vila Selinger, que vai receber a rede da Próspera.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores