Caesb concede bônus-desconto para clientes que economizaram água em 2021

Bônus será de 20% e seguirá cronograma de crédito

 Com informações de Caesb

Os usuários da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) que economizaram água no ano de 2021, comparado ao consumo de 2020, vão receber um bônus-desconto de 20% sobre o volume economizado, a partir do mês de junho. Aqueles que tiverem direito ao benefício receberão o comunicado com a fatura do mês de maio.

Em 2022, a Caesb irá devolver aos clientes R$ 11.573.706,97. Esse valor beneficiará cerca de 540 mil pessoas. A concessão do bônus-desconto atende à Lei Distrital nº 4.341, de 22 de junho de 2009, e à Resolução nº 06, de 5 de julho de 2010, da Adasa. Desde setembro de 2009, a Companhia encaminha, no verso da fatura, informações da legislação que dispõe sobre o incentivo à redução do consumo de água no DF.

O período de apuração do bônus-desconto é de 12 meses, comparando o consumo de um ano com o ano anterior. O bônus será concedido conforme o valor que o cliente tem a receber, de acordo com cronograma de devolução. 

Cálculo

Neste mês de maio, a Caesb encaminhará ao titular da conta, que reduziu seu consumo, um demonstrativo contendo:

  • volume economizado em metros cúbicos no período de apuração;
    • volume básico de cálculo do bônus-desconto em metros cúbicos;
    • tarifa inicial da categoria, em reais por metro cúbico vigente na data;
    • valor do bônus-desconto em reais e a forma de concessão do bônus.

    O valor será calculado multiplicando a tarifa inicial da categoria em que o usuário está enquadrado, por 20% do somatório dos volumes mensais economizados no período de 12 meses de apuração.

Calcular

O cliente A, de tarifa residencial, consumiu 111m³ em janeiro de 2020. Já em janeiro de 2021, o consumo foi de 52m³. No caso, a economia foi de 59m³. O bônus-desconto prevê 20% desta economia, ou seja: 11,80m³. Para obter o valor em reais, deve-se multiplicar 11,80m³ pelo valor da tarifa, que é R$ 2,98. O bônus a ser concedido, nesse caso, é de R$ 35,16.

O cliente B, de tarifa comercial, consumiu 44³ em abril de 2020. Já em abril de 2021, o consumo foi de 10m³. No caso, economizou 34m³. O bônus-desconto prevê 20% desta economia, sendo 6,8m³. Deve-se multiplicar o 6,8m³ pelo valor da tarifa comercial, que é R$ 6,26. Nesta situação, o bônus será de R$ 42,57.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores