Mostra de artesanato reúne trabalhos artísticos de servidores da Deso

Por Assessoria de Comunicação da Deso

 26 Fevereiro 2019

Artes manuais como pintura, bordado, costura, entre outras, desenvolvem a criatividade e podem elevar a autoestima. Pensando nisso, a gerência de marketing da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) abraçou o trabalho dos artesãos da empresa e realizou o projeto ‘Mostra de Artes’. Esta é a segunda edição do evento que estimula a capacidade artística dos colaboradores. O diretor presidente da Deso, Carlos Melo e o diretor de gestão corporativa, Ricardo Simões fizeram questão de comparecer.

O gerente da assessoria de Marketing, Eder Meneses, explicou que os artistas da casa sempre procuram o setor em busca de parceria. “Nós abraçamos a ideia e trabalhamos para facilitar a logística do evento. O nosso setor sempre procura ajudar no processo para que tudo aconteça de maneira organizada e destacando sempre o trabalho dos artistas”.

O gerente disse ainda que, além do artesanato, existem outros funcionários com dotes culinários por exemplo. “A ideia para o próximo evento é uma quermesse, para que esses empregados também tenham a oportunidade de mostrar seu trabalho. O intuito principal é incentivar e prestigiar tais aptidões”, adiantou Eder.

Outro ponto de destaque é o favorecimento na autoestima. “Na mostra, o colaborador tem a oportunidade de apresentar o produto, fruto da sua criatividade e além de expor a arte, os colegas prestigiam, fazem elogios e também podem comprar o produto, este ciclo funciona como combustível e valorização que elevam a autoestima”, ressaltou o gerente.

Para a artesã Maria Josevânia de Couto Melo, atendente comercial no município de Maruim, o artesanato chegou ainda na adolescência. “Já trabalhei com várias outras coisas e fiquei um tempo sem fazer artesanato, no ano de 2017 eu resolvi voltar a fazer trabalhos manuais, comprei o material e comecei a produzir as peças. Fazendo artesanato eu esqueço do mundo, faz muito bem pra mim”, ressaltou Maria que trabalha com pintura em MDF e Gesso.

Emerentina Alves Rosa Nuno, agente administrativo no setor de Informática da Deso há 20 anos, contou que as habilidades para o artesanato vieram de berço. “Na minha família todo mundo faz artesanato, comecei com o tricô, crochê e bordado. Minha mãe era professora de corte e bordado e todo mundo em casa acabou aprendendo algo. Para mim o artesanato é uma terapia, faço pelo prazer, quando estou colocando a mão na massa esqueço até que o mundo é mundo”, endossou. Dona Rosa trabalha com diversos tipos de materiais e disse não conseguir escolher o preferido. “ Tudo que faço, faço com prazer, não consigo eleger um favorito”, completou.

A participação dos colegas para prestigiarem os artistas aconteceu de forma expressiva. Kamila Freitas Silva dos Santos, assistente de gestão administrativa, deixou sua opinião sobre a atividade. “Basta olhar o sorriso nas artesãs que participaram do evento para perceber que iniciativas como essa não apenas incentivam-nas a produzirem e sentirem-se valorizadas, como promovem uma maior interação entre colegas artesãs e colegas clientes. Tudo isso enriquece a noção de que o ambiente de trabalho pode ser espaço de troca de experiências que ultrapassam o limite da mera execução de tarefas corporativas para a possibilidade de entender o colaborador como um ser de múltiplas facetas e capacidades, e, portanto, um ser que pode aprender e ensinar sempre. Que se promovam mais oportunidades como essa”, destacou.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?