Embasa descobre “gato” de água em usina de beneficiamento de sisal em Conceição do Coité (BA)

Técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa) em Conceição do Coité (BA), na região sisaleira, realizaram mais uma ação de combate às fraudes no consumo de água na última semana. Acompanhada de policiais militares, a equipe flagrou uma usina de beneficiamento de sisal no bairro Vila Rica sendo abastecida por uma ligação de água fraudulenta.

A estimativa é que a usina desviava 35 mil litros de água por mês, o que equivale a um prejuízo anual de aproximadamente R$ 6 mil. A fraude foi retirada e o proprietário terá que pagar multa. De acordo com o gerente do escritório local da Embasa em Conceição do Coité, Vagner Mota, o uso ilegal de água compromete o abastecimento de água e prejudica toda a sociedade. “Quem usa água de forma clandestina, como constatamos neste caso, não se preocupa com o desperdício”, afirmou. “Vamos intensificar as operações de combate às fraudes para coibir a prática”, destaca.

Crime contra o patrimônio – A prática de furto de água é qualificada como crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista na lei é reclusão de um a quatro anos, além de multa. A população pode denunciar os casos de fraude ligando para o teleatendimento da Embasa, no telefone 0800 0555 195.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account