Embasa abre chamada pública para autoprodução de energia

Canal Energia
03/03/2021 

Empreendimento eólico ou solar vai suprir 40% do consumo de energia da empresa a partir de 2023. De 2008 a 2018, gastos com energia chegaram a R$ 2 bilhões

A empresa de saneamento baiana Embasa abriu chamada pública no último dia 26 de fevereiro para estruturação de projeto de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis eólica e solar, em regime de autoprodução, que será responsável pelo suprimento de 40% do consumo de energia da empresa já a partir de 2023. O edital está disponível neste link.  O período para envio de solicitações de esclarecimento vai de 3 até 19 de março, enquanto o prazo de envio de  documentos de habilitação até às 17:30 h  do dia 26 de março.

De acordo com  o edital, a parcela da energia da Embasa que será alocada ao projeto corresponde ao montante aproximado de 40 MW med com cargas menores que 3 MW, não sendo aplicável no entendimento da estatal a possibilidade de utilização da figura de Autoprodução por equiparação. Na justificativa para a abertura de edital, a Embasa alega que  é uma consumidora eletrointensiva. Em 2019, seu consumo líquido ficou em 827 GWh (94 MW med), enquanto as despesas com energia chegaram a R$ 278 milhões. De 2008 a 2018 a empresa teve uma despesa com energia elétrica acumulada de cerca de R$ 2 bilhões, mesmo possuindo um benefício de 15% de desconto.

Em 2017 a estatal se tornou a segunda companhia de saneamento do Brasil a migrar para o Mercado Livre. Inicialmente com 30% de seu consumo, a previsão é que em 2022 alcance 52% de seu consumo neste ambiente de contratação de energia.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?