Corsan segue com obras para garantir o abastecimento de água nas cidades de Gramado/RS e Canela/RS

Portal do Saneamento Básico
03/12/2020

Os dois municípios já enfrentaram diversos registros de falta de água, principalmente, no final do ano passado

Após diversos registros de falta de água em Canela e Gramado neste ano e em períodos anteriores, a aproximação do verão preocupa novamente os moradores da Região das Hortênsias. A solução encontrada pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) para os problemas de abastecimento de água nas duas cidades foi a execução de diversas obras que estão demandando o investimento de R$ 90 milhões até 2024.

Um dos casos mais emblemáticos de falta de água ocorreu durante as festas de final do ano em 2019 e início de 2020, quando bairros da cidade ficaram sem abastecimento por dias. A situação motivou o prefeito João Alfredo de Castilhos Bertolucci, Fedoca, (PDT) a notificar a Corsan.

A companhia informou que vem realizando as melhorias no Sistema de Abastecimento de Água nos dois municípios para garantir o abastecimento, visto que a estiagem volta a preocupar com a predominância do fenômeno La Niña, caracterizado pela ocorrência de chuvas abaixo da média.

Poços Artesianos

Segundo o gestor da Unidade de Saneamento Especial (USE) Hortênsias, Lutero Cassol, foram perfurados cinco poços artesianos no segundo semestre deste ano, sendo que quatro deles concederam água e vão permitir a circulação de mais 70 litros de água por segundo.

— Vai ser injetado no sistema do complexo Canela e Gramado, visto que a captação de água se dá no Poço da Faca, no Rio Santa Cruz, que estão no município de São Francisco de Paula. A Corsan capta a água lá, aduz até Canela, em uma extensão de 12 quilômetros, numa vazão de 400 litros por segundo, trata em Canela e distribui para Canela e Gramado — explica Cassol.

Os poços artesianos estão sendo montados, em fase de conclusão. No momento, estão sendo finalizados os abrigos de tratamento e as bases dos reservatórios. Conforme Lutero, a previsão é de que em 15 dias os quatro poços entrem no sistema de abastecimento do complexo Canela-Gramado. Eles estão localizados nos bairros Várzea Grande, Moura, Piratini e Dutra.

Tratamento de Água

Além da perfuração dos poços, a primeira etapa das obras, que visam solucionar os problemas de desabastecimento de água na Região das Hortênsias e que têm o custo de R$ 38 milhões, abrange a implementação de um reservatório de 3 milhões de litros, em Gramado, que já está em operação desde fevereiro deste ano.

Outro investimento foi o tratamento de lodo da Estação de Tratamento de Água (ETA II), que tem previsão de ser concluído ainda em dezembro deste ano. Outra ação realizada ainda na primeira etapa foi a interligação do Booster Florybal que já está finalizada e aguarda apenas a finalização da urbanização, o que não impede o seu funcionamento. Além disso, está em andamento a ampliação da subestação de energia elétrica de 300 kWA para 500 kWA, o que possibilitará a ampliação do bombeamento de água tratada para Gramado.

Uma operação que inicia agora em dezembro e tem previsão de conclusão no segundo semestre de 2021 é a complementação da adutora de Água Bruta, numa extensão de 6,5 Km, em ferro, 700 mm, no Sistema de Abastecimento de Água do complexo Canela-Gramado. Estão previstas até 2024 a adutora de água tratada Canela-Gramado em uma extensão de 15,7 Km em ferro, 500 mm, que está em fase de licitação, bem como a construção de dois reservatórios, de dois milhões de litros cada, no ExpoGramado e na Linha Carazal.

Além dos investimentos com obras para garantir o abastecimento de água das cidades, a Corsan também está realizando a ampliação do tratamento de esgoto cloacal de ambos os municípios. Em Canela, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Santa Terezinha está concluída e aguarda a etapa de operação assistida. Já em Gramado, a ETE Dutra está sendo finalizada com a viabilização de recursos em um convênio entre empreendedores, a Corsan e o município, e a ETE Ávila está 80% concluída, custeada com recursos da própria companhia.

Fonte: Gaúcha ZH.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?