Preocupadas com a necessidade de investimentos para o estabelecimento de uma rede de fibras ópticas que de fato suporte o sistema 5G, as companhias de telecomunicações do mundo todo vêm trabalhando em soluções. Entre estas, temos a possibilidade de passar o cabeamento pelas redes de esgoto, o que reduziria consideravelmente os custos financeiros gerados. No Paraná, a Sanepar (companhia de saneamento do estado) estuda, desde novembro de 2020, uma maneira viável de implantar o sistema nos 36.754 quilômetros de redes de esgoto da região.  

O compartilhamento da tubulação da rede de esgoto com a rede de fibras ópticas já é adotado em vários países, mas no Brasil ainda requer regulamentação por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Agência Nacional de Águas (ANA). No Paraná, contudo, o governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou uma lei que dá novas atribuições à Sanepar, permitindo esse tipo de operação.

Em São Paulo, a Sabesp (companhia de saneamento do estado) também já tem um projeto relacionado ao tema pronto para entrar em vigor.

 “Acompanhamos a evolução do setor e das demandas da sociedade. Tudo o que pudermos fazer para melhorar a qualidade de vida da população, reduzir custos e aprimorar a performance da empresa é objeto de nossos estudos e nosso planejamento”, destaca o diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile.

Uso compartilhado de fibra óptica

Em vez de pendurar fios e cabos em postes ou de cavar buracos, o compartilhamento das redes de esgoto e de fibras ópticas pode ser uma fonte de economia de recursos tanto para as companhias de saneamento básico como para as empresas de telecomunicações, que poderão alcançar mais residências e pontos comerciais e industriais.

Para isso, um grupo de trabalho da Sanepar avalia os aspectos técnicos, regulatórios e legais para viabilizar esse sistema. Segundo a companhia, o acesso das fibras ópticas à tubulação de esgoto ocorreria por método não destrutivo já adotado pela Sanepar, que dispõe de um robô para fazer o diagnóstico da rede.

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?