China continua otimizando eliminação de resíduos hospitalares

Portal do Saneamento Básico
14/04/2020

A China vem aprimorando sua capacidade de eliminação de resíduos hospitalares e de tratamento de esgoto para controlar melhor o surto da COVID-19, de acordo com o Ministério da Ecologia e Meio Ambiente.

As instalações de eliminação de resíduos hospitalares do país estão atualmente operando com 60,8% da capacidade em média, e os resíduos hospitalares podem ser descartados em tempo hábil, disse Zhou Zhiqiang, funcionário da pasta, em uma entrevista coletiva.

Segundo ele, até sexta-feira a capacidade de descarte de resíduos hospitalares da China atingiu 6.704 toneladas diariamente, subindo 23,9% em relação às 4.902,8 toneladas por dia antes do surto da epidemia.

Estações de tratamento de esgoto urbano

Com melhora no controle epidêmico, a quantidade de resíduos hospitalares produzidos em Wuhan caiu de um pico de 247 toneladas por dia para 117 toneladas, informou Zhou.

Além disso, 2.029 estações de tratamento de esgoto urbano do país que receberam esgoto médico do país inteiro estão funcionando sem problemas e implementaram estritamente medidas de desinfecção, acrescentou.

Zhao enfatizou que o ministério acompanhará de perto as áreas com altos riscos epidêmicos.

Fonte: Portuguese.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?