Estudante transforma casca de camarão em plástico biodegradável

Portal Saneamento Básico
19/03/2020

Uma estudante de 17 anos de Adelaide, na Austrália, criou um filme plástico biodegradável feito com cascas de camarão.

A jovem desenvolveu um bioplástico que se degrada completamente em cerca de 33 dias em aterro sanitário.

O material é flexível, durável, insolúvel e transparente, o que o torna uma alternativa perfeita para embalagens plásticas comuns.

Após a descoberta, a estudante afirma estar recebendo várias propostas de fabricantes e empresas interessadas.

“Ainda estou finalizando os aspectos legais, como a patente, por exemplo, mas estou na fase de um protótipo final, pronto para fabricar o plástico e distribuí-lo comercialmente”, afirmou.

Resíduos do mar

Além disso, muitos outros resíduos de frutos do mar como; conchas de ostras e os exoesqueletos de camarão são ricos em nitrogênio, ingrediente mais importante nos fertilizantes vegetais.

A descoberta do novo material se torna útil para agricultores, fornecendo às culturas o nitrogênio necessário para maximizar os nutrientes e a imunidade das plantas.

Fonte: TN Online.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?