Corsan inicia obra em redes de água no Litoral Norte do RS

As obras terão como investimento total R$ 2,4 milhões.

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) deu início, na última sexta-feira (22), à extensão de redes de água beneficiando as praias localizadas entre os municípios de Arroio do Sal e Torres, no Litoral Norte. A ordem para começo das obras foi assinada pelo diretor-presidente Flávio Ferreira Presser na presença do prefeito de Arroio do Sal, Affonso Flávio Angts, durante a abertura da 16º Festa do Pescador. O investimento de R$ 2,4 milhões vai permitir a extensão de 35.890 metros de redes entre as praias do Camboim e Jardim Atlântico, em Arroio do Sal, e ao Sul do município de Torres, na Praia Real e Praia Paraíso, onde serão assentados 7.949 metros de redes, num total de 43.839 metros.

O diretor-presidente da Corsan destacou a importância da obra que vai possibilitar o desenvolvimento turístico da região, onde estão em implantação condomínios e outros empreendimentos imobiliários. “Além disso, teremos 100% da população atendida, não apenas as pessoas que moram aqui, mas os veranistas que movimentam a economia da região”, afirmou o dirigente da companhia. Ele ressaltou também que o projeto de esgotamento sanitário de Arroio do Sal está em elaboração e será concluído nos próximos meses. “Com isso, podemos buscar financiamento para execução dessa obra que permitirá um novo momento no desenvolvimento da cidade, bem como garantir a manutenção da qualidade do meio ambiente e das condições de balneabilidade”, ressaltou Presser.

O prefeito agradeceu o investimento do governo do Estado, por meio da Corsan, lembrando a necessidade da água potável para as inúmeros balneários do município. “Como morador da zona norte de Arroio do Sal, sei bem a necessidade das pessoas em ter água tratada”, ressaltou o prefeito.

Em Arroio do Sal, já foram construídos dois reservatórios: um deles, ao norte do município, está finalizado. O outro, na parte sul, encontra-se com a parte concluída, mas por não passar rede elétrica no local, a Corsan está providenciando a instalação de painéis solares que vão fornecer a energia necessária às funções de automação e controle do reservatório. A adutora que leva a água da Estação de Tratamento de Torres para os reservatórios que vão abastecer as praias de Arroio do Sal e Torres estão concluídas. Agora, com a instalação desses 43 mil metros de redes entre os municípios e de painéis solares para a automação das funções, o sistema poderá entrar em operação. O prazo para conclusão das obras nas redes é de 600 dias corridos a partir da assinatura da ordem de início.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores