Confira o Documento sobre Saneamento entregue pela Aesbe aos Presidenciáveis

O documento, que traz os pontos propositivos da Aesbe para viabilizar a universalização do saneamento, também foi entregue aos partidos políticos com representação no Congresso Nacional

Por Rhayana Araújo, gerente de Comunicação da Aesbe

A Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) apresenta sua agenda propositiva para o saneamento básico brasileiro, sintetizada no Documento “Os Desafios e os Caminhos para a Universalização dos Serviços de Saneamento”, entregue para os candidatos à Presidência da República e para os partidos que possuem representação no Congresso Nacional, de forma a contribuir com a atuação dos futuros governantes para o aperfeiçoamento de dispositivos do novo marco legal do saneamento.

Com isso, a Aesbe mantém sua posição histórica de contribuir com o poder público para o estabelecimento e implementação de políticas públicas que permitam a ampliação e a melhoria da qualidade dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário.

O atual momento é de transformações no saneamento brasileiro e a Aesbe possui um papel fundamental no progresso das ações desenvolvidas para a universalização. A busca pelo aperfeiçoamento do setor, por meio do estímulo ao desenvolvimento de ferramentas e tecnologias que possibilitem a melhora na execução e no planejamento de serviços de saneamento no país, é um papel essencial exercido pela associação. E as companhias estaduais vão continuar a atuar e trabalhar significativamente para o alcance das metas estabelecidas, porém, são ainda necessários ajustes para que a meta seja, de fato, factível.

O grande desafio para se alcançar à universalização até 2033 é, primeiro, ter todas as regras e diretrizes claras, além de uma união de forças do setor de saneamento. A Aesbe se coloca à disposição para auxiliar o Governo Federal neste trabalho, para que possamos expandir cada vez mais o atendimento dos serviços de saneamento básico no Brasil.

Acesse o Documento sobre Saneamento AQUI.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores