Lixão Zero destina R$4,7 milhões para gestão de lixo em municípios

Portal Saneamento Básico
18/02/2021

O programa foi criado em 2019 para erradicar os lixões existentes no país e aperfeiçoar a gestão de resíduos sólidos.

As regiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste, irão receber R$4,7 milhões do Ministério do Meio Ambiente para investir na gestão correta dos resíduos sólidos nos municípios.

Os recursos virão do Programa Lixão Zero serão utilizados nas compras de equipamentos e veículos adaptados para a reciclagem. Ao todo já foram investidos R$ 100 milhões, beneficiando cerca de 3,4 milhões de pessoas.

O programa foi criado em 2019 para erradicar os lixões existentes no país e aperfeiçoar a gestão de resíduos sólidos. Entre as medidas, estão a melhoria nas condições de trabalho dos catadores de materiais recicláveis e mudanças na legislação, com a implementação de sistemas de logística reversa, que impõe aos fabricantes de eletroeletrônicos a responsabilidade pela coleta e descarte correto dos produtos. Segundo o Secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França,

 “Em 2020 houve redução de 17% da quantidade de lixões em relação a 2019, passando de 3257 para 2707 lixões, segundo dados levantados pela Associação Brasileira de Empresas Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE). Além deste importante resultado, houve avanços na logística reversa, com sistemas aprimorados como o caso do óleo lubrificante e três novos sistemas implementados: baterias e chumbo, eletroeletrônicos e medicamentos”

Fonte: EBC

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?