ISSO É SAÚDE Saneamento básico caminhando para 100% em Boa Vista

G1
30/07/2021

Por Governo de Roraima

Em 2008, apenas 17% dos habitantes de Boa Vista eram atendidos com saneamento básico. Ao final de cinco etapas de ampliação da rede de esgoto sanitário, em 2020, esse número chegou a 93%.

Pelo andar, muito em breve, Boa Vista será a primeira capital do Norte do Brasil a ter 100% da população atendida com saneamento básico. Um marco importante para uma Capital ainda nova em relação a outras do país, mas acima de tudo, um trabalho encarado com muita seriedade pelo Governo de Roraima, por meio da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima).

Para quem se acostumou a ter o serviço no dia a dia, ser atendido pela rede de esgoto pode parecer algo comum. Mas para entender a importância saneamento para uma cidade e a sua população e, principalmente, do trabalho realizado nos últimos anos pela Caer é preciso voltar no tempo até poucos anos atrás, quando a realidade de Boa Vista era bem diferente. 

“Vou continuar trabalhando por novas etapas do saneamento básico, até que 100% da nossa população seja contemplada em Boa Vista e nos demais municípios do nosso Estado”, detalhou o governador Antonio Denarium, entusiasta do projeto e o principal responsável pela nova fase que vive a Caer.

São investimentos em insumos e equipamentos, além de capacitação permanente das equipes, o que permitiu o salto de qualidade e melhoria dos serviços, não apenas na Capital, mas também em todos os municípios do interior do Estado.

Atualmente, a Caer é responsável pelo fornecimento de água para mais de 107 mil residências em Boa Vista e quase 30 mil no interior do Estado, tendo a terceira tarifa mais baixa em todo o Brasil, tornando o serviço acessível a todos.

“Ainda há muito trabalho pela frente. Mas estamos no caminho certo. O Estado não para de crescer e temos que acompanhar esse ritmo, oferecendo sempre o melhor serviço, chegando onde existir demanda por água tratada rede de esgoto”, explicou Denarium. 

Boa Vista concentra dois terços de toda a população do estado de Roraima, com quase 500 mil habitantes de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Dessa forma, o Governo do Estado investe em obras de expansão da rede de distribuição e no esgotamento sanitário.

A Capital possui 42 estações elevatórias de esgoto e uma estação de tratamento. Com 68 poços em operação em Boa Vista, o Governo de Roraima continua investindo na oferta de água potável para a população, reforçando o abastecimento da rede de 1.117.537 metros na cidade.

A Caer perfurou 10 novos poços em Boa Vista, aumentando a produção de água em 400 mil litros por hora, um investimento de R$ 1 milhão que vai beneficiar os moradores dos bairros São Bento, Jardim tropical, Cidade Satélite, Ayrton Rocha, Aracelis, 13 de Setembro, Centenário, Operário, Cinturão Verde e Vila Jardim. Também foram reativados mais oito poços nos bairros Cambará, Pintolândia, Nova Cidade, Santa Tereza, Buritis, Parque Anauá e Raiar do Sol.

A Companhia também substituiu as bombas do Centro de Captação do Bairro São Pedro, com capacidade de captação de 450 litros por segundo e implantou no bairro São Bento 3.500 metros de rede de distribuição com 120 ligações domiciliares. Um investimento de R$ 300 mil, realizado com recursos próprios.

No bairro Cidade satélite, mais 540 metros da rede de abastecimentos foram estendidos, além de 240 metros para atender 27 residências, localizadas entre a Alameda Antares com a Rua Peixes. Mais 300 metros de rede serão executados entre as ruas Escorpião e Câncer, beneficiando mais 80 famílias.

Mais de 6 km de expansão de rede de água em dois anos

De janeiro de 2019 a janeiro de 2021 foram construídos mais de seis quilômetros de expansão de rede de água (6.690 metros) em Boa Vista, incluindo a área rural, como a vila Passarão. Atualmente, a Caer dispõe de 1.117.537 metros de rede em toda a área que abrange o município.

A reformulação da Caer também refletiu na melhoria do serviços nos municípios do interior do Estado, principalmente com a reforma e ampliação dos escritórios de atendimento ao consumidor.

Foram executados em apenas dois anos, mais de seis quilômetros (6.400 metros) de expansão de rede de água nos municípios de Bonfim, Mucajaí, Pacaraima, Rorainópolis, Caroebe e Cantá. Em Amajari está em execução a extensão de 500 metros e, em Iracema, mais 3.780 metros.

“São investimentos que melhoram a vida das pessoas, pois água tratada é sinônimo de saúde. Esgoto tratado também é um grande aliado das famílias, pois diminui a incidência de doenças relacionadas à falta de saneamento básico”, explicou o governador Antonio Denarium.

Além disso são constantes os investimentos na ampliação da capacidade de captação de água em rios, abertura de novos poços, reservatórios elevados, instalação de cloradores e obras de extensão de rede.

1º Lugar no ranking de saneamento

Em 2021, Boa Vista completou 131 anos. E como um dos melhores presentes, está em 1º lugar na Região Norte no ranking de cobertura de saneamento básico.

O presidente da Empresa, James Serrador, destaca a importância do serviço para a saúde da população e explica que esta posição no ranking só foi possível com os investimentos do Governo do Estado, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento [PAC].

“Boa Vista é uma cidade universalizada com cobertura de 93,6% nos serviços de coleta e tratamento de esgoto sanitário e 99,9% em fornecimento de água potável”, destacou Serrador.

A Capital ocupa também o décimo lugar no ranking dos municípios do país em qualidade de água, em serviços ofertados a população, tanto no saneamento, como no fornecimento de água potável.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO

Em 2008, Boa Vista possuía 259 km de rede de esgoto, atendendo 6.267 de ligações domiciliares. Em setembro de 2020, a os moradores da Capital foram beneficiados com a quarta etapa da rede de esgotamento sanitário, orçada em R$ 135 milhões e realizada via convênio com o Ministério das Cidades.

Atualmente, a Capital roraimense dispõe de 42 Estações Elevatórias de Esgoto, uma Estação de Tratamento de Esgoto e 68.653 mil ligações ativas. E o Governo de Roraima já estuda a possibilidade de apresentar o projeto da 6ª etapa, o que deixará 100% da Capital com atendimento da rede de esgotamento sanitário.

Universalização da água

A Caer dispõe de 68 poços em operação na capital para reforçar o abastecimento e uma rede de 1.117.537 metros em toda a área que abrange o município. Também adquiriu 45 mil hidrômetros que estão sendo instalados em novas ligações de água ou substituindo equipamentos quando necessário.

A Companhia substituiu as bombas do Centro de Captação, localizado no Bairro São Pedro com capacidade de captação de 450 litros por segundo. E inaugurou o CRD do bairro Cidade Satélite, beneficiando 40 mil pessoas. 

Novos bairros: Caer está presente!

O Governo do Estado autorizou a licitação das obras de construção e ampliação da rede de água dos Loteamentos Pedra Pintada e João de Barro, um investimento de R$ 15 milhões que inclui a perfuração de poço tubular, construção de adutora de água bruta, de reservatório elevado, reservatório apoiado, estação elevatória de água tratada, casa de química, subestação aérea trifásica, rede de distribuição de água tratada e ligações domiciliares.

Nilmara Melo conhece de perto essa realidade. À frente da entidade que representa as mulheres empreendedoras do bairro Pedra Pintada, ela acompanhou toda a luta das mais de 470 famílias na luta por moradia digna e o desenvolvimento do local. 

Falar do desenvolvimento do Pedra Pintada é sempre um orgulho, uma honra. E agora, realizamos o sonho de receber a rede de distribuição de água, numa ação direta do Governo de Roraima, por meio da Caer, cuja equipe sempre se mostrou prestativa durante todo o processo. Tenho um sentimento, acima de tudo de gratidão, pela parceria, porque eu sei que Deus tem colocado as pessoas certas, no momento certo nas nossas vidas”, disse.

Para ela é um orgulho ver o Pedra Pintada se tornando uma realidade para todas as famílias que lá residem. “Orgulho por ver o Pedra pintada nascer, crescer e se desenvolver. Porque estamos lá desde 2014. Existe todo um contexto que temos trabalhado para que a população possa viver da melhor forma possível em um bairro afastado. Agradeço ao governador Antonio Denarium e a Caer, que tem sido parceiros e sempre se disponibilizado a atender as nossas demandas”, complementou. 

Estruturação do ‘Nova Vida’

As obras de construção da rede de distribuição de água e a realização de cerca de 500 ligações domiciliares da área de interesse social Nova Vida também estão em fase de licitação para execução ainda em 2021.

Por determinação do governador Antonio Denarium, a equipe da gerência de Engenharia da Caer realizou o levantamento da área para iniciar a licitação pra construção do sistema de abastecimento de água no bairro Jardim das Copaíbas, próximo ao Distrito Industrial, um investimento de R$ 550 mil.

“São bairros novos que surgiram com o aumento da população e, consequentemente, da demanda por moradia. São áreas que foram negligenciadas nos últimos anos, sem serviços básicos que essas famílias têm direito. Estamos levando água tratada e de qualidade. Esse é um compromisso do governo com quem reside nesses bairros”, destacou o governador Antonio Denarium.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?