Frente ambientalista discute gestão da água no Brasil

Reportagem – Nicole Mattiello – Agência Câmara Notícias

20/03/2019 20h00

Em encontro na Câmara para comemorar o Dia Mundial da Água, deputados discutiram o uso e cuidados da água no Brasil

No dia 22 de março é celebrado o Dia Mundial da Água. O tema desse ano é “Água para todos”, uma adaptação da principal promessa da Agenda de 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas: “no progresso, todos devem ser beneficiados”.

Pensando nisso, a Frente Parlamentar Ambientalista realizou um encontro na Câmara para comemorar o Dia Mundial da Água. O coordenador da frente, deputado Alessandro Molon, do PSB do Rio de Janeiro, acredita que é necessário alertar para os cuidados com a água no Brasil.

“E chamar a atenção da Câmara dos Deputados, do Congresso Nacional e do Brasil para a importância de protegermos esse bem fundamental para a vida que é a água. Ela está sendo muito malcuidada no Brasil, por falta de saneamento básico, por uma série de práticas, mesmo na agricultura, que não protegem a água. Então é um olhar sobre as águas, sobre os nossos rios, sobre os nossos mananciais, para que tenhamos mais cuidado com eles”.

No Brasil, a agricultura representa cerca de 72% do total do consumo de água, segundo relatório publicado pela Agência Nacional das Águas. E, de acordo com a ONU Brasil, menos de 40% da população brasileira tem acesso ao saneamento básico. Molon acredita que é necessário realizar ações para a valorização desse recurso.

“Começar a discutir e aprovar políticas públicas que protejam a água no Brasil. Estimular, por exemplo, o tratamento de resíduos sólidos e políticas de saneamento nas cidades que evitem que os nossos rios se tornem depósitos de lixo”.

Segundo o coordenador, o próximo passo da Frente Parlamentar no Congresso será aprovar a Lei do Mar (PL 6969/13).

A proposta institui uma Política Nacional para a Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro, com instrumentos para uma melhor exploração dos recursos marinhos, em conjunto com a conservação da sua biodiversidade.

“A nossa expectativa é de que aprovemos na Câmara ainda no primeiro semestre, e mandemos pro senado essa lei que vai dar uma proteção maior para esse bioma muito esquecido e cada vez mais sujo e poluído que é o mar. É preciso recuperá-lo e protegê-lo para as futuras gerações”.

O Brasil sediou, no ano passado, a maior edição do Fórum Mundial da Água, que reuniu mais de 120 mil pessoas de 172 países, para discutir o uso de recursos hídricos no Brasil e no mundo.

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account