Francischini diz que dará celeridade à proposta paralela da Previdência

“Sei que macroeconomicamente é importante”, afirmou o presidente da CCJ na Câmara

Por Lu Aiko Otta, Valor — Brasília
18/09/2019 10h46 Atualizado há 20 horas

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), disse nesta quarta-feira ser a favor da inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência. O tema está em discussão no Senado, mas a inclusão dos entes subnacionais precisará ser analisada pela Câmara. “Sou favorável e darei total celeridade”, disse. “Sei que macroeconomicamente é importante.”

A avaliação foi feita num painel sobre cenário político no IV Fórum Nacional do Comércio. A pergunta era sobre o andamento das reformas.

Francischini se mostrou menos otimista com o andamento da reforma tributária. Ele avaliou que há boa vontade, mas cada bancada tem uma visão diferente do tema.

O deputado afirmou que a proposta da cessão onerosa deve ser aprovada, mas também nesse caso fez uma ressalva: “Os Estados do Sul ficaram alijados da distribuição de recursos”.

Outras reformas importantes em andamento no Congresso citadas pelo parlamentar foram o novo marco do licenciamento ambiental, a nova lei do saneamento básico e os novos códigos de mineração e de energia elétrica.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?