Confúcio cobra votação de projeto do novo marco do saneamento

Senado Notícias
27/05/2020

Em pronunciamento nesta quarta-feira (27), o senador Confúcio Moura (MDB-RO) criticou a paralisação do projeto do novo marco do saneamento básico, que prevê investimentos privados nos serviços de todo o país (PL 3.261/2019). 

— Isso é extremamente importante. Isso é saúde. Isso é vida. Isso é combate a essas doenças transmissíveis. É mais qualidade de vida para o nosso povo. Ninguém pode viver assim. E nós não podemos fingir que o Brasil não hesita dessas condições. Muitas vezes a gente vira a cara para o outro lado fingindo que não estamos vendo, mas esse é o Brasil real. Então, a Lei do Saneamento é uma lei de prioridades — ressaltou.

Segundo o senador, as Regiões Norte e Nordeste são as mais necessitadas de infraestrutura. A Amazônia, disse, tem apenas cerca de 2% de água tratada. Confúcio disse que, com a aprovação do projeto, após passar a crise do novo coronavírus, as concessões já poderiam ser abertas para acelerar o processo do saneamento no Brasil.

— Vou até conversar com o presidente do Senado, David Alcolumbre, para ele me explicar por que [a proposta] está parada. Qual a trava que existe. Qual o interesse que está segurando a Lei de Saneamento no Brasil — disse. 

Fonte: Agência Senado

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?