Casal investe quase meio bilhão de reais para dobrar esgotamento sanitário

Portal Saneamento Básico
07/06/2021

Obras executadas em parceria com Sanama e Sanema seguem em andamento e devem beneficiar 360 mil pessoas até 2022.

No sábado (05) foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) destacou duas grandes obras que vão dobrar a cobertura de esgotamento sanitário de Maceió, beneficiando ao todo 360 mil pessoas. Uma delas ocorre na região do Benedito Bentes e Tabuleiro dos Martins, com investimentos de aproximadamente R$ 289 milhões, oriundos de uma Parceria Público-Privada (PPP) entre a Companhia e a Sanama.

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) desse sistema foi construída no Benedito Bentes e já está em operação. Hoje ela tem capacidade para tratar 180 litros de efluente por segundo, mas, em uma segunda etapa, poderá chegar a 360 litros por segundo.

Diversas localidades já receberam rede coletora. Em outras, seguem em andamento a construção das estações elevatórias e a implantação de redes e coletores, num total de 190 quilômetros de extensão.

Mais de 200 mil pessoas serão contempladas com coleta e tratamento de esgoto nos bairros: Benedito Bentes, Salvador Lyra, Santa Lúcia, Dubeaux Leão, José Maria de Melo, Tabuleiro dos Martins, Cidade Universitária, Santos Dumont, Clima Bom e Antares.

“Além de benefícios para a saúde, conforto e qualidade de vida, a coleta e o tratamento de esgoto beneficiam o meio ambiente, evitando a contaminação do solo, do lençol freático, das áreas de vegetação, de rios, de barragens e do mar”, apontou o presidente da Casal, Clécio Falcão.

Obras de Esgotamento Sanitário

Na região do Farol e bairros vizinhos, outra grande obra também está garantindo um sistema de esgotamento sanitário aos moradores. É resultado de um contrato de Locação de Ativos entre a Companhia e a empresa Sanema. O investimento aproximado é de R$ 185 milhões, que devem levar rede coletora e tratamento de efluentes para 150 mil moradores.

A ETE desse sistema fica localizada em uma área por trás do quartel do Exército. A obra civil foi concluída e a unidade passa agora pela etapa de montagens hidromecânicas e elétricas. Quando estiver pronta, nos próximos meses, poderá tratar entre 238 e 400 litros de efluentes por segundo.

Ao todo esse sistema terá 80 quilômetros de redes e coletores de esgoto, espalhados pelas seguintes localidades: Farol, Pitanguinha, Gruta de Lourdes, Canaã, Jardim Petrópolis, Santo Amaro e Ouro Preto.

“Essas duas obras que seguem em execução na capital vão elevar a cobertura de esgotamento sanitário de 35% para 70%. Como algumas localidades já foram interligadas, a cobertura atual chega a 42%, e assim vai seguir gradativamente até atingir os 70% ao final das obras. O governo de Renan Filho está fazendo mais pelo esgotamento sanitário e defesa do meio ambiente do que já foi feito nas últimas décadas em Maceió”, salientou o presidente da Casal.

Quando somados os investimentos da PPP entre a Companhia e a Sanama e da Locação de Ativos entre a Casal e a Sanema, chega-se ao montante de R$ 474 milhões aplicados em Maceió apenas em esgotamento sanitário, ou seja, quase meio bilhão de reais.

Fonte: Diário Arapiraca.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?