Se privatizar não for viável, vamos capitalizar Sabesp, diz Meirelles

Por Fábio Pupo – Valor Econômico

06/05/2019 – 14:12

BRASÍLIA – O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, voltou a dizer que a Companhia de Saneamento Básico do Estado São Paulo (Sabesp) deve ser privatizada ou passar por um processo de capitalização. Segundo ele, a proposta de privatização ainda depende da aprovação de um novo marco regulatório para o saneamento. Por isso, disse, o processo envolvendo a empresa pode levar a outro tipo de operação.

Meirelles afirmou que há um conjunto de medidas ficais sendo estudadas pelo Estado de São Paulo, como a concessão de projetos de infraestrutura (inclusive aeroportos regionais).

Segundo ele, a Sabesp seria alvo da “maior privatização” sendo analisada. “Se não for viável, vamos ao menos capitalizar”, disse ele em apresentação feita durante seminário promovido pelo Valor e pela Fundação Getulio Vargas (FGV) sobre a situação dos Estados.

Ele defendeu que Estados façam parte da reforma da Previdência enviada pelo Executivo ao Congresso, apesar de movimentos recentes que pedem a retirada dos entes do texto. Meirelles indicou que São Paulo registraria um impacto de R$ 55 bilhões em dez anos com a reforma da Previdência. Do total, R$ 22 bilhões seriam observados nos primeiros cinco anos.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?