Corsan celebra Dia Mundial da Água com diversas ações e investimentos

Nesta quarta-feira (22), a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) marca o Dia Mundial da Água somando várias iniciativas. Às vésperas de seu 51º aniversário, comemorado em 28 de março, a Companhia segue firme no propósito de prestar serviços de excelência em saneamento básico, cumprindo assim seu papel social, ambiental e econômico. Resultado do empenho conjunto de seus quase 6 mil funcionários, a empresa vem aperfeiçoando o trabalho e proporcionando mais qualidade de vida à população e melhoras ao meio ambiente do Estado. Num momento de dificuldades econômicas em nível mundial, a empresa vem intensificando os investimentos em saneamento.
Visando a universalização do tratamento de esgoto na Região Metropolitana de Porto Alegre, a Companhia está propondo às prefeituras de nove municípios a adoção de uma parceria público-privada (PPP). Essa iniciativa vai permitir a aceleração dos investimentos necessários à ampliação dos sistemas de esgotamento sanitário, que se dará de forma gradativa, atingindo a cobertura de 87,3% dos domicílios em 2027/28. O projeto abrange Alvorada, Viamão, Cachoeirinha, Gravataí, Guaíba, Eldorado do Sul, Canoas, Esteio e Sapucaia do Sul. Entre os fatores que influenciaram para a escolha desses municípios estão a grande densidade demográfica e sua tendência de aumento populacional, assim como sua localização na bacia hidrográfica dos rios Gravataí e Sinos, que figuram entre os mais poluídos do país. A ampliação do esgotamento sanitário, assim como a expansão das ligações domiciliares à rede de coleta, vai melhorar as condições ambientais e de saúde da população de toda a região.
A Corsan também está entregando à comunidade de Cachoeira do Sul nos próximos dias a restauração do monumento Chateau d’Eau, que foi, até 1970, um importante reservatório de água da cidade. Uma obra muito esperada pela comunidade local. Os trabalhos de recuperação receberam investimento de R$ 1,1 milhão em recursos próprios da Corsan. Iniciada em abril de 2016, a restauração resgata as características do projeto original e valoriza um bem de interesse público, fortalecendo-o como ponto de referência para a comunidade local. Localizado na área central da cidade, o monumento forma, na praça Balthazar de Bem – juntamente com o prédio da Prefeitura Municipal e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição –, um rico conjunto arquitetônico, considerado o mais belo cartão-postal da cidade.
Podemos destacar ainda o início de muitas obras e a inauguração de instalações de água e esgoto em várias regiões. No Litoral, a empresa está implementando um investimento total de R$ 470 milhões em sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. O plano de investimentos inclui Torres, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Xangri-Lá, Santo Antônio da Patrulha, Osório, Imbé, Tramandaí, Cidreira, Capivari do Sul, Palmares do Sul e Mostardas. Exemplo disso foi a recente inauguração da ampliação do sistema de abastecimento de água de Capão da Canoa. Com investimento de R$ 48 milhões, a obra aumentou a capacidade de tratamento de 420 para 650 litros por segundo, beneficiando 350 mil pessoas em Capão da Canoa, Xangri-Lá e veranistas.
Também vem qualificando o abastecimento de água em várias regiões do Estado. Na Região Metropolitana, com o início da operação da ETE de Glorinha, interligação de adutora em Gravataí, aumento da capacidade da ETA de Alvorada, favorecendo também Viamão, modernização da Estação de Bombeamento de Água Tratada (EBAT-4), em Cachoeirinha, com a substituição de quatro grupos motobomba por novos com maior potência, beneficiando a população de Cachoeirinha e Gravataí. Na região Central, Santa Maria se destacou pelos investimentos, com a implantação de um novo distribuidor na zona leste da cidade, beneficiando especialmente o abastecimento do bairro Camobi. Nas Missões, Santa Rosa recebeu 12 km de rede coletora de esgoto no Centro da cidade. Esses são somente alguns exemplos de iniciativas que ampliaram e qualificaram o acesso da população ao saneamento.
Sobre o Dia Mundial da Água
Com a pergunta “Por que desperdiçar água?”,a ONU nos convida este ano a refletir sobre como reduzir e reutilizar a água que usamos em nossas casas, cidades, indústrias e agricultura. Este é o tema do Dia Mundial da Água 2017. Para marcar a data e contribuir com essa reflexão, a Corsan lança uma campanha em que aborda como podemos contribuir para que o ciclo da água se complete de forma saudável. Depois de usada, a água flui novamente para a natureza, e, se não for tratada adequadamente, contamina o meio ambiente. Ao mesmo tempo em que precisamos aumentar a coleta e tratamento das águas residuais e esgotos de forma segura, necessitamos reduzir a quantidade que contaminamos e desperdiçamos. Conforme a ONU, mais de 80% das águas residuais em todo o planeta ainda voltam aos ecossistemas sem serem tratadas ou recicladas.
A ONU criou o Dia Mundial da Água em 22 de março de 1992, com o intuito de proporcionar uma oportunidade de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas relativas à água. Naquela data, a entidade também divulgou uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água. A data é coordenada pela UN-Water, departamento de colaboração da ONU para temas relacionados com a água potável do qual participam governos e outras entidades.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Corsan

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account