Bolsonaro adia exigência de plano para repasse de verba de saneamento

Valor Econômico
23/01/2020

Por Cristiano Zaia

Prazo era fim de 2019, mas ele adiou para dezembro de 2022

Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro permitirá que Estados e municípios continuem acessando verbas do Orçamento ou financiamentos de há 19 horas Brasil bancos públicos para obras ou projetos de saneamento básico sem precisar apresentar um plano básico como prevê a legislação brasileira.

A medida, publicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União (DOU), prorrogou a dispensa para entrega desses planos até 31 de dezembro de 2022. Um decreto anterior, de 2017, dava prazo até o fim de 2019 para que os entes federados seguissem sem essa obrigação.

No fim do ano passado, a Câmara aprovou projeto que cria um novo marco regulatório para o saneamento no país, prevendo uma maior participação do setor privado nesse mercado.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?