Arsesp determina reajuste de 2,5% para tarifas da Sabesp, mas adia aplicação

Folha de São Paulo
10/04/2020

Aplicação dos novos preços ocorrerá em julho, segundo estatal de saneamento

Arsesp (agência reguladora de água e energia do Estado de São Paulo) definiu em 2,49% o reajuste a ser aplicado nas tarifas cobradas de tratamento de água e esgoto cobradas pela Sabesp, informou a companhia estadual de saneamento na noite da quinta-feira (9).

Diante de pedido do governo estadual para adiamento da aplicação do reajuste nas tarifas, porém, a Arsesp definiu que as novas tabelas de preços terão publicação adiada para 10 de junho, com aplicação apenas após 30 dias.

Ajustes “compensatórios pela postergação” da aplicação do reajuste serão realizados nas tarifas entre 10 de julho e 10 de maio do próximo ano.

A Sabesp afirmou ainda que a Arsesp vai avaliar a situação de equilíbrio financeiro da companhia “a fim de restabelecê-lo oportunamente, se necessário”, como resultado da ordem de isenção de tarifas para 2 milhões de consumidores de baixa renda no Estado impactados pelos efeitos da epidemia de Covid-19.

Executivos da empresa afirmaram no final de março que a medida de isenção de tarifa atinge um público responsável por apenas 1,4% de sua receita, algo em torno de 60 milhões de reais.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?