Vazamentos que ocorrem em residências são um problema silencioso que requer atenção e urgência para ser solucionado. Geralmente, só se tem conhecimento quando a conta de água chega no mês seguinte trazendo um salto no consumo. Em muitos casos, a primeira reação é achar que a companhia de saneamento cometeu um erro de aferição, o que pode levar ao agravamento do problema e aumentar o tempo do desperdício. Confira algumas formas de descobrir vazamentos e se prevenir deles.

  1. Fique atento a torneiras e chuveiros, conferindo se estão bem vedados. Geralmente, a solução está em uma simples peça de vedação, como a carrapeta da torneira, que pode estar desgastada.
  2. Para saber se o problema está no vaso sanitário, coloque um pouco de borra de café no fundo. O ideal é que a borra permaneça ali. Se isso não acontecer, é devido à movimentação da água no local, causada por um vazamento.
  3. Vazamentos em paredes geralmente deixam manchas e umidade. Por isso, é necessário ficar de olho na coloração das paredes da sua casa.
  4. Se estiver desconfiado de vazamentos, realize o teste do hidrômetro: feche todas as torneiras e registros internos durante uma hora. Marque a localização do ponteiro e verifique novamente ao final do tempo. Se apresentar alterações, há desperdício de água.
  5. Outro ponto a observar é a boia da caixa d’água. Muitas vezes os defeitos nesse equipamento produzem extravasamentos que não são externados pelo extravasor da caixa d’água. Revisões semestrais, quando da rotina de limpeza da caixa d´água, são importantes.
  6. A conta de água é um dos maiores indícios de vazamentos. Por isso, sempre acompanhe a média de consumo da sua casa. Dessa forma, se houver alterações, é possível que seja algum vazamento. Assim que detectar, procure sua concessionária.

Se você identificar algum vazamento e quiser consertá-lo, é necessário agir da maneira correta. Afinal, quebrar a parede no lugar errado pode danificar a estrutura e aumentar o problema. O mais recomendado é contratar um profissional especializado, pois ele possui os equipamentos adequados, como máquinas que detectam barulhos e até microcâmeras para visualizar os vazamentos.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores