Ministério do Meio Ambiente libera R$ 730 mil para recuperação de nascentes

O Fundo Nacional do Meio Ambiente liberou a primeira parcela do convênio estabelecido com a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) para a recuperação de nascentes. Os primeiros recursos, no valor de R$ 730 mil de um total de R$ 2,8 milhões, serão destinados para a recuperação de florestas que margeiam nascentes nas bacias dos rios Paraguaçu, Subaé e Pojuca, áreas de preservação permanentes (APPs) na Região Metropolitana de Salvador, que contribuem para o abastecimento de água de quase 4 milhões de habitantes.

“Além das nascentes e das áreas que margeiam os corpos d´água, o projeto contribui, também, para preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo, manter e ampliar a beleza cênica das paisagens”, destaca o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento Cássio Peixoto.
A Sihs implementará ainda um plano para o pagamento por serviços ambientais, no modelo Produtores de Água, que envolverá a população local na recuperação dos mananciais, gerando emprego e renda. Somente a bacia do rio Paraguaçu, com 614 quilômetros de extensão, responde por cerca de 60% do total do abastecimento de água na Grande Salvador, que corresponde a 2,3 milhões de baianos em 86 municípios.
“Recuperar a vegetação nativa no entorno das nascentes e das áreas marginais dos rios, contribuintes diretos dos reservatórios responsáveis pelo abastecimento de água da Região Metropolitana de Salvador tem como propósito ampliar a oferta de água para essa região, tida como de alta criticidade hídrica”, explica o titular da Sihs.
Os resultados práticos do projeto serão monitorados pela Agência Nacional de Águas (ANA). Os recursos vêm da parceria com o Fundo Clima, o Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, o Fundo Socioambiental Caixa, o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos/Ministério da Justiça e a ANA.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério do Meio Ambiente

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores