Corsan integra comitê de combate a ligações irregulares no RS

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) participou do lançamento do Comitê Permanente de Combate às Ligações Irregulares no Rio Grande do Sul. O grupo de trabalho reúne diversas instituições com o objetivo de desenvolver ações para combater e regularizar ligações irregulares de água e energia elétrica no Estado. O ato ocorreu na sede da Agergs, em Porto Alegre, na última quinta-feira (18).
Na oportunidade, o diretor Comercial da Companhia, Luciano Eli Martin, informou que a meta da empresa é regularizar 25 mil ligações até o fim de 2019. “A Companhia inseriu em seu planejamento estratégico um projeto de regularização de ligações em áreas de ocupação consolidada, pois é necessário enfrentarmos o problema das perdas de água. O comitê é uma excelente oportunidade de partilhar ideias e produzir avanços”.
O diretor de Operações da Corsan, Eduardo Carvalho, destacou que as ligações irregulares geram prejuízos às companhias e aos clientes. “As pessoas ligadas irregularmente têm um perfil de consumo desconhecido e podem aumentar o uso em determinados períodos, às vezes até indiscriminadamente, afetando a disponibilidade de água no sistema. Tal situação demanda mais investimentos na produção e na distribuição de água”.
Para o presidente da agência, Alcebíades Santini, a formação do comitê representa um esforço conjunto em favor dos cidadãos. “A sociedade é resultado de ações individuais e coletivas. Precisamos pensar grande e nos unir para buscar as soluções que a comunidade requer”. Também estiveram presentes funcionários da Companhia e representantes da Ceee, DMAE, RGE, Defensoria Pública do Estado, Poder Judiciário, Procon Estadual, Secretaria da Fazenda, Polícia Civil e Brigada Militar.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Corsan

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores