Obras de infraestrutura avançam em Porto Walter (AC)

Um grande investimento em infraestrutura e, consequentemente, em saúde pública, feito pelo governo do Acre já modifica o espaço urbano de Porto Walter (AC) e promove uma nova qualidade de vida para seus 11 mil habitantes.

O município, que fica na regional do Juruá, onde o acesso ao seu território é feito pelo modo aéreo ou fluvial, recebe as ações do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), executado pelo Departamento de Pavimentação e Saneamento do Acre (Depasa).

Os serviços de ampliação da rede de distribuição de água, para um fluxo de 24 horas por dia, coleta de esgoto em todo perímetro urbano e pavimentação em 13 quilômetros de ruas avançam significativamente na cidade.

“Queremos aproveitar o máximo deste verão. Temos a estimativa de entregar no fim do ano cerca de 80% das ruas pavimentadas, concluir o sistema de abastecimento e efetuar os testes do sistema de esgotamento sanitário”, informa o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

Cerca de três quilômetros já foram pavimentados, assim como construídas 300 unidades de ligações domiciliares de água e 700 de esgoto. Está, ainda, em execução um quilômetro de drenagem de águas pluviais e feita a extensão de três quilômetros da rede de abastecimento.

“Iniciamos a construção de 50 módulos sanitários para famílias de baixa renda, além de três estações de tratamento de esgoto e quatro estações elevatórias. O cronograma contempla rampa de concreto armado e Terminal de Transbordo para o porto da cidade”, destaca Magalhães.

Jairo Lima, morador da comunidade da Portelinha, celebra a chegada do pavimento a sua rua. Segundo ele, a dificuldade anteriormente enfrentada era tanta que ele comprava dois pares de botas por ano para se locomover, devido à lama.

“Morar aqui era complicado, era prejuízo total. Porém, o nosso governador Tião Viana honrou o compromisso dele com a gente e está trazendo o desenvolvimento para todos daqui. Meu sentimento é de gratidão”, disse Lima.

O recurso investido em Porto Walter é de R$ 34 milhões, oriundos de parceria entre a gestão estadual e o Banco Mundial.

Mais investimentos

O projeto demonstra o empenho do governo do Acre na inclusão social e econômica da população mais vulnerável das áreas rurais e urbanas e que vivem em áreas de difícil acesso.

Além de Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão e Santa Rosa estão sendo contempladas na somatória de investimentos de R$ 100 milhões em saneamento ambiental integrado.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Confira também nossas publicações

Veja todas nossas
edições anteriores