Maceió/AL investe em obras de pavimentação, drenagem e saneamento

Portal Saneamento Básico
19/08/2021

Há 12 anos, a capital não tinha investimentos do aporte de R$ 258 milhões, com impacto direto na vida de mais de 200 mil pessoas, que serão beneficiadas quando o Programa Maceió tem Pressa for concluído.

Os números são significativos e mostram o quanto Maceió necessita de obras de infraestrutura nas áreas de pavimentação, drenagem e saneamento.

“Nós estamos dando prioridade às áreas que mais precisam de investimentos públicos na nossa capital. Antes se viam investimentos só em uma parte da cidade. Desde que entrei na política, optei por fazer uma política participativa e é isso que estamos fazendo, ouvindo a população e a gente erra menos. Estamos redirecionando os esforços para licitar e fazer 18 ruas [na Santa Lúcia]. Vamos correr para isso acontecer”, disse o prefeito JHC.

Na Santa Lúcia, 35 ruas serão pavimentadas; o que vai melhorar a qualidade de vida de mais de 32 mil moradores (32.586), ao atingir 6.200 residências do bairro. São 13 km de vias pavimentadas, drenadas e saneadas. As ações do Maceió têm Pressa são dirigidas a territórios e áreas geográficas da capital em que o saneamento básico é precário.

Além da Santa Lúcia, o programa contempla outras localidades, como toda a extensão do Litoral Norte (da Elias Bonfim até o Sauaçuhy) e bairros da parte alta da cidade, a exemplo do Clima Bom, Tabuleiro do Martins e Cidade Universitária.

Programa Maceió tem Pressa

O Maceió tem Pressa vai beneficiar de forma direta 208 mil habitantes. Ao todo, 181 ruas já foram pavimentadas, num total de 283, até agora. Nos últimos seis meses foram implantados mais de 14 mil metros de esgotamento sanitário, mais de 5 mil metros de drenagem e mais de 100 mil m² de pavimentação.

As ações do Programa não estão restritas à realização de obras de infraestrutura com a pavimentação de ruas, drenagem da água da chuva, esgotamento sanitário, através da criação de estações de tratamento de águas residuais. Envolvem a realização de trabalhos socioambientais e de mobilidade urbana como a ampliação da malha viária, a sinalização de vias e a criação de acessibilidade para pessoas com deficiência física.

O Maceió tem Pressa fortalece, em termos institucionais, a gestão do Município por intermédio da Unidade Gestora do Programa, responsável pela administração e execução dos recursos financeiros, fruto do acordo de cooperação, firmado com a Corporação Andina de Fomento (CAF), através do Banco de Desenvolvimento da América Latina. Em dólares, os recursos atingem a cifra de U$ 70 milhões.

Fonte: Aqui Acontece.

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?