Em MS, Rota do Saneamento destina R$ 151 milhões em obras de água e esgoto

Campo Grande News

Por Flávio Veras

21/11/2021

Segundo a Sanesul, estão previstas novas entregas de obras até o dia 15 de dezembro

 

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) anunciou, nesta semana, que o projeto Rota do Saneamento já investiu R$ 151 milhões em obras de infraestrutura no Estado de Mato Grosso do Sul. Segundo a concessionária, a medida tem como objetivo expandir o fornecimento de água, além da viabilizar a universalização do esgotamento sanitário em 68 municípios do Estado.

Ainda de acordo com a empresa, o assunto é de interesse global, pois o saneamento básico impacta diretamente na vida da população, preserva o meio ambiente e, sobretudo, reflete fundamentalmente no desenvolvimento socioeconômico dos municípios atendidos pela companhia.

Com o projeto, a Sanesul assumiu o compromisso de atingir a meta de universalizar o esgoto em Mato Grosso do Sul, onde atualmente a área de cobertura é de 55%, o que a elevou à condição de referência nacional num setor onde apenas 54,1% da população brasileira tem acesso à coleta de esgoto.

“O saneamento básico visa a prevenção de doenças, redução da mortalidade infantil, melhorias nos índices de educação e empregabilidade, preservação ambiental e expansão do turismo em algumas regiões com essa vocação”, diz em nota a Sanesul.

Ao final, o projeto pretende somar a etrega de 60 obras. Elas estão sendo viabilizadas com recursos próprios da Sanesul e por meio de parcerias institucionais envolvendo verbas públicas, principalmente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Segundo o diretor-presidente da concessionária, Walter Carneiro Júnior, o calendário de inaugurações prevê novas entregas até o dia 15 de dezembro, com objetivo de atingir 45 cidades ainda neste ano.

Municípios Contemplados – De acordo com a Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente, foram entregues 9 ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto), mais de 100.000 quilômetros de rede coletora de esgoto e mais de 23 mil famílias foram contempladas com ligações domiciliares de esgoto.

Foram inaugurados 6 poços de captação de água e 3 reservatórios de água. Além disso, em razão da parceria feita com a Caixa Econômica Federal, o programa Avançar Cidades fica mais próximo de concluir suas etapas e transformar Mato Grosso do Sul no Estado pioneiro na universalização do esgotamento sanitário.

A Rota do Saneamento já passou até o momento pelos municípios de Dois Irmãos do Buriti, Terenos, Miranda, Sonora, Coxim, Rio Verde de MT, Camapuã, Santa Rita do Pardo, Rio Negro, Amambai, Caarapó, Naviraí, Porto Esperança, Antônio João, Douradina, Itaporã, Angélica, Deodápolis, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Inocência, Chapadão do Sul, Laguna Carapã, Juti, Paranhos, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Bonito, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Miranda, Ladário, Dourados, Batayporã e Ivinhema.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?