Crise hídrica traz de volta medidas da seca de 2014

Valor Econômico
31/08/2021

Por Daniel Rittner

Concessionárias de saneamento colocam em prática medidas de contingência contra racionamento de água

A piora da crise hídrica fez gestores municipais e concessionárias de saneamento resgatarem ações tomadas no biênio 2014/15, auge da última grande seca, e colocar em prática medidas de contingência contra racionamento de água. Em Araçatuba (SP), uma plataforma flutuante para captação foi instalada novamente no rio Tietê – usado para cerca de metade do abastecimento do município – e deve ser acionada para testes.

De acordo com o grupo BRK Ambiental, um dos maiores do país, a situação no interior de São Paulo é a que mais preocupa. A empresa executou obras, investimentos e medidas preventivas em Limeira, Mairinque, Porto Ferreira, Santa Gertrudes e Sumaré. Todas as ações foram incluídas em planos de contingência.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?