Casan é uma das companhias de saneamento com maior presença feminina no Conselho de Administração

Com informações da Casan

Com a eleição de duas novas integrantes, a Companhia Catarinense de Saneamento (Casan) é atualmente uma das companhias brasileiras de saneamento com a maior representação feminina em seu Conselho de Administração. Entre nove membros, quatro são mulheres, representatividade de 44% no órgão colegiado responsável pela orientação dos negócios da Companhia.

As novas conselheiras são as engenheiras Sílvia Santos e Daniella Godinho Abreu. A presidente da Casan e engenheira sanitarista, Roberta Maas dos Anjos, e a administradora Sabrina Weiss Raupp já integravam o Comitê de Gestão.

“É um orgulho fazer parte da gestão da Casan e de ter mulheres comprometidas com a Companhia e trabalhando pelo mesmo objetivo. Nossa missão, independente do gênero, é realizar um trabalho de excelência e atuar em benefício do saneamento do nosso estado, oferecendo mais qualidade de vida aos catarinenses”, afirmou a presidenta da companhia, Roberta Maas.

A presença das mulheres nos conselhos de administração das empresas brasileiras cresceu nos últimos anos, mas ainda é inferior a práticas internacionais. Pesquisa realizada pela Spencer Stuart – empresa americana de consultoria em liderança que atua em 70 países e possui 60 anos de mercado – mostra que nos 23 mercados mais proeminentes do mundo, França (45%) e Noruega (44%) possuem a maior participação de mulheres em conselhos de administração.

Porém, nestes dois países há regulamento de cota feminina nestes órgãos. Sem exigência normativa, a Suécia é o país que apresenta o melhor índice: 38%. A atenção na questão da diversidade é crescente, pois esse é um dos pilares da boa governança, uma meta também priorizada pela Casan.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?