Brasil e Colômbia defendem união pela preservação e soberania da Amazônia

Valor Econômico
Por Matheus Schuch
19/10/2021

 

O presidente Jair Bolsonaro disse que os países devem chegar “unidos” para tratar da Amazônia na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (CoP26)

 

Após encontro bilateral com o presidente da Colômbia, Iván Duque, o presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta terça-feira (19) que os países cheguem “unidos” para tratar da Amazônia na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (CoP26). A preservação da floresta está no centro das discussões sobre alternativas para neutralizar a emissão de gases de efeito estufa.

“Com certeza chegaremos unidos em Glasgow para tratarmos de um assunto muito importante e caro para todos nós, a nossa querida, rica e desejada Amazônia”, disse Bolsonaro, em pronunciamento à imprensa após o encontro, no Palácio do Planalto.

“Compartilhamos também esta ideia de chegar a Glasgow com uma mensagem inequívoca de proteger este território”, discursou Duque. “A Amazônia, para nós, é um território muito valioso e a cuidamos dentro da nossa soberania. É também muito importante que esta defesa traga consigo uma luta eficaz contra crimes ambientais”

Acordos de cooperação

Bolsonaro e Duque assinaram sete acordos de cooperação, que versam sobre serviço aéreo, cooperação policial, intercâmbio comercial, água e saneamento básico, agricultura, capacitação técnica e investigação.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?