Operação da Embasa com apoio da polícia retira gato de água em prédio em Salvador (BA)

Por Gerência de Comunicação Social da Embasa

A operação de combate a fraudes no consumo de água realizada pela Empresa Baiana de águas e Saneamento (Embasa), com apoio das polícias militar, civil e técnica, identificou e retirou uma ligação clandestina que desviava água da rede distribuidora e abastecia um prédio com cinco residências e dois estabelecimentos comerciais, ontem (28), na rua Direta de Tancredo Neves, em Salvador (BA).

Os domicílios existentes no prédio estavam com suas respectivas ligações de água cortadas por falta de pagamento e retomaram o fornecimento de forma irregular. No caso dos estabelecimentos comerciais, um estava com a água cortada, desde 2014, e o outro desde 2017. Esta fraude, só neste ano, foi retirada três vezes pela Embasa e os moradores a refizeram. A soma do débito das matrículas das ligações de água existentes no prédio gira em torno de R$ 10 mil.

“Diante desta situação, a Embasa precisou adotar medidas mais enérgicas, com o apoio da polícia, mostrando que o furto de água é crime e traz consequências sérias”, alerta o gerente comercial da Embasa, Daniel Junior. Os responsáveis pelos imóveis serão intimados a prestar esclarecimentos na 11ª Delegacia.

Qualquer intervenção no hidrômetro e na rede da Embasa com o intuito de furtar água é crime e o infrator está sujeito ao cumprimento das penalidades previstas na legislação vigente. O usuário que estiver nessa situação deve procurar um ponto de atendimento da empresa e regularizar sua ligação, evitando problemas com a polícia e multas. A população pode denunciar sigilosamente as situações de fraude pelo 0800 0555 195.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account