Mais de 1.400 obras de infraestrutura do PAC estão paradas no Brasil

Maioria dos projetos paralisados são da área de saneamento, segundo entidades

Igor Utsumi
SÃO PAULO

Cerca de 1.400 obras de infraestrutura do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) estão paradas no Brasil, segundo a Cbic (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), o Senai e a consultoria Brain.

Quatro em cada dez projetos estão parados devido a pendências de engenharia, como imprevistos na implantação. Na sequência aparecem pendências operacionais (22%) e de licitação (15,4%).

A maior parte dos empreendimentos inacabados está nas regiões Sudeste e Nordeste.

O segmento de saneamento básico é o que tem mais trabalhos interrompidos: são 646 no país. 

A retomada de projetos paralisados é uma das principais bandeiras do setor de infraestrutura para o reaquecimento do mercado de construção civil e para a criação de empregos. Os dados serão apresentados em um seminário nesta quarta-feira (10) em Brasília.

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account