Aesbe realiza Assembleia Geral Ordinária nesta quarta-feira para definir estratégias em relação ao PL do Saneamento

O Projeto de Lei nº 3261/2019, que altera o Marco Legal do Saneamento, está em tramitação na Câmara dos Deputados

Por Rhayana Araújo – Assessoria de Comunicação da Aesbe

04/09/2019

O presidente da Aesbe, Marcus Vinícius, e o secretário executivo, Ubiratan Pereira. Foto: Marcos Oliveira

Nesta quarta-feira, 4, os presidentes e representantes das companhias estatais de saneamento se reuniram na sede da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) para discutir um posicionamento conjunto para ser levado à Audiência Pública sobre o Projeto de Lei nº 3261/2019, que será realizada nesta quinta-feira, 5, na Câmara dos Deputados. Participaram da reunião 21 pessoas de 16 Companhias Estaduais de Saneamento.

O presidente da Aesbe e da Companhia da Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Neves, reforçou que a Associação não é contrária à discussão da atualização do marco regulatório do setor. “Se quisermos universalizar os serviços de saneamento, precisamos unir TODOS. Público e privado devem andar juntos. E nós, como membros desta associação, precisamos nos organizar para demonstrar a força que a entidade tem. A Aesbe tem a responsabilidade de orientar os deputados sobre os perigos que o atual texto do PL trás para boa parte da população”, explicou.

O consultor na área de saneamento, Adauto Santos, durante sua apresentação

O secretário executivo da entidade, Ubiratan Pereira, reforçou que a Aesbe é um elo entre todas as companhias estaduais de saneamento. “Estamos aqui sempre à disposição das empresas, prestando assessoria no que for necessário. Nos movimentamos toda semana na Câmara dos Deputados, e demais órgãos ligados ao saneamento, para reforçar o posicionamento da Aesbe em relação ao PL do Saneamento”, disse.

A Aesbe convidou o consultor na área de saneamento, Adauto Santos, para apresentar um levantamento realizado, em que constam dados positivos de atendimento da população brasileira com serviços de água e esgoto. A entidade usará as informações para rebater os dados apresentados pelo Governo Federal e associações do setor privado.

A Audiência Pública Comissão Especial que analisa o PL do Saneamento na Câmara dos Deputados será realizada às 9h30 desta quinta-feira, 5, no Plenário 14 do Anexo II da Câmara dos Deputados.

 

 

 

AESBE - Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento

SCS - Quadra 01 - Bloco H - Edifício Morro Vermelho - 16º andar - CEP: 70399-900 - Brasília-DF - Tel/Fax.: 55 61 3022-9600

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account